A hipocrisia da defesa da democracia com Lula preso, por Luis Nassif

Mas um evento que impede o slogan “Lula livre” e abre espaço para um ator político, FHC, que por disputa pessoal endossou todas as arbitrariedades contra Lula, no mínimo incorre no pecado da hipocrisia e da instrumentalização da bandeira dos direitos.

É paradoxal o que está ocorrendo, hoje em dia, com as chamadas forças democráticas.

O estado de exceção nasceu da prática reiterada do chamado direito penal do inimigo – utilizado politicamente contra Lula e o PT desde, pelo menos, 2005.

Foi a flexibilização da democracia, a criminalização de qualquer gesto, o atropelo das normas jurídicas, a permissividade com os abusos, o estímulo à perseguição judicial contra os “inimigos” que geraram o monstro Bolsonaro.

Agora, o chamado campo democrático cai na real. Antigos defensores do arbítrio contra os inimigos revisam sua posição e se tornam novos campeões da democracia, com escritos indignados contra os abusos de Bolsonaro e seus templários.

Tudo muito bem, tudo muito bom. O momento exige tolerância em nome da grande frente democrática. Por isso mesmo, não se exige autocrítica, apenas sinceridade de propósitos.

Mas o que está ocorrendo, com muitos deles, não é a defesa intransigente da democracia, mas apenas a tentativa de se retornar à semidemocracia em vigor antes da ascensão dos Bolsonaro. Ou seja, condenamos todos os abusos, mas pragmaticamente queremos manter os abusos contra Lula, para não abrir mão da mais eficiente arma eleitoral de que dispomos.

É o que leva a manifestos e declarações em defesa do estado de direito, mas silenciando em relação à prisão de Lula.

Não dá. Já se tem, à vista de todos, as consequências da relativização da democracia. Hoje em dia há a formação de uma frente internacional em defesa da democracia brasileira. E o ponto de honra é a libertação de Lula. Há consenso de que se trata de uma prisão política.

Leia também:  Fora de Pauta

A grande frente exigirá desprendimento do PT, abrindo mão do protagonismo central. Mas um evento – como o recente “direitos-já”- que impede o slogan “Lula livre” e abre espaço para um ator político, Fernando Henrique Cardoso, que por disputa pessoal endossou todas as arbitrariedades contra Lula, no mínimo incorre no pecado da hipocrisia e da instrumentalização da bandeira dos direitos.

Para ser eficaz, o pacto não poderá comportar espertezas ou interesses individuais.

O GGN prepara uma série de vídeos sobre a interferência dos EUA na Lava Jato. Quer se aliar a nós nesse projeto? Acesse www.catarse.me/LavaJatoLadoB

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

A meu ver isso chama golpe, caro Nassif, golpe da iniciativa privada sobre o estado democrático de direito. A percepção de hipocrisia vem da corrupção fundamental: a coisa pública tocada pela iniciativa privada. Parece que tudo é dissimulação, mentira, simulacro, falso... "fake news". Parece incoerência mas é porque, ao nosso sentir, coerência seria que o estado cuidasse da coisa pública, que houvesse democracia em lugar de autoritarismo, que houvesse lei em vez de casuísmos, que a Justiça fosse mesmo cega. Os estados são assim mas a iniciativa privada nem que quisesse poderia: já diz o nome, "privada"; tem um dono ou algum preposto do dono, não é de todos, como é o estado. A sensação de que as coisas estão incoerentes some na medida em que a gente se conscientiza de que quem está à frente dos cofres e das decisões públicas é a iniciativa privada. Na minha desimportante opinião, querendo se livrar da angústia que essa percepção, a pessoa tem duas opções: ou aceitam que não há mais democracia e se dispõem a lutar pelos seus próprios rabos, contra todos os outros, ou trabalham, no máximo e como der, para expulsar privatistas da gestão estatal. Tanto o primeiro (conformismo) quanto o segundo (trabalho) diminuem a angústia. (***) Pode haver iniciativa privada, não precisa que absolutamente todo trabalho pertença ao estado. Há milionários na China comunista; há até bilionários. Mas como dizem os próprios empresários privados chineses, não há a menor possibilidade de um grupo de bilionários interferir nas decisões do estado.

Renato Lazzari

Longe de querer demonizar qualquer iniciativa em nome da democracia - ô palavra sofrida e abusada - mas, como o perdão do trocadilho, já nascendo torto, não vai ter santo que indireite.

Pois é, Nassif! Agora sim. Fiquei um tanto espantado com a sua empolgação inicial com esse "Direitos-Já" que, ao menos para mim, soava mais como "Direita-Já", mas depois você foi relativizando essa posição ao longo da semana e chegamos aqui neste texto. De fato, defesa da democracia com Lula preso e, como dizem ter lembrado Flávio Dino no evento, todos os presos políticos e as prisões arbitrárias já ocorridas sob o atual estado de exceção, é uma baita hipocrisia. Mas você ainda insiste nessa tese do desprendimento do PT, embora também já mais relativizada, pois não mais abrindo mão do protagonismo do campo progressista mas de seu protagonismo central. Tendo a concordar com você, com uma pequena ressalva. Creio que o PT deva mesmo cultivar este desprendimento, desde que outros partidos e suas lideranças, democráticos e progressistas, também se façam capazes de disputar esse protagonismo. Penso que não é culpa do PT e de Lula ocupar uma posição hegemônica, mas também é responsabilidade daqueles que não se colocaram à altura para fazer essa disputa. Ao pedir para que PT e Lula saiam de cena, o que nos sobra? Ciro e o PDT, ou outro partido que lhe aprouver, por exemplo? O que lhe garante que irão "abrir mão da mais eficiente arma eleitoral de que dispomos"?

André-Kees Schouten

32 comentários

  1. obrigada nacif eu tava triste pensando que vc com t0da sagacidade nao tinha entendido a fidaputice desses caras , vc continua meu idola ha decadas

    24
    3
    • eu tb ..agora parece que ficou mais claro o que Nassif pensa
      SEM LULA LIVRE não há o que se falar em direito, muito menos em democracia

  2. obrigada nassif eu tava triste pensando que vc com toda sagacidade nao tinha entendido a flhadaputice desses caras , vc continua meu idola ha decadas

    8
    3
  3. Caro Nassif,
    Sou da mesma opinião. Hoje, após todas as revelações da Vaza Jato, não pode haver verdadeiro movimento pela democracia que não reconheça a liberdade de Lula como um fator decisivo na retomada do Estado Democrático.

    24
    3
  4. Prezado Nassif

    Você mesmo já disse que é inútil esperar qualquer coisa de fhc, a não ser mesquinharia, inveja e dissimulação. Desista, um velho de 90 anos é irrecuperável

    19
    • FHC. coitado, ja morreu e nao se deu conta que o cadaver dele esta andando para ser enterrado. A ilusao de que ele e o ator principal desta chicanaria que tomou o processo politico, e outra fake news para idiotas e vendilhoes da patria.
      Tenho certeza que todos que participaram deste evento, sabiam do conchavo de nao se tocar no nome do Presidente Lula.
      Enquanto isso, aqui no Rio de Janeiro, fui no mercado e ao sair encontrei um homem chorando, enquanto contava as moedas. Perguntei se estava passando mal e me disse: “Vim comprar feijao para a familia e nao tenho dinheiro suficiente. Vivo de bico e nao tenho tido sorte. Vou vender essas garrafas, mas o ferro velho nao abriu ainda. Mesmp assim nao vai dar pra completar.”
      Dei a ele os trocados que tinha e fui pra casa em revolta total.
      Chamei Exu de Lei pra todos os sem vergonha que criaram essa situacao caotica no pais de desemprego e vendas de nossos recursos.
      A canalhice de FHC, Serra, Aecio, Moro, Dalagnol e a cla de milicianos no poder, nao vai durar muito.
      Os empresarios donos do mercado interno de servicos e de lojas ja estam sentindo na pele o resultado do desmonte.
      Ontem tomei a decisao de nao apoiar mais a Rede Viva. Vi dois programas de netreguistas. O Padre Alessandro fazendo propaganda do veio da Havan e um programa de empresas pequenas dizendo que a previdencia saiu do espaco e que com a reforma tributaria tudo ira bem.
      Bom eu disse pra minha mae cancelar e por que. Ela concordou.
      Getulista e Janguista ferrenha, com 99 anos, ela ficou horrorizada de estar apoiando uma estacao que e contra o trabalhador.
      E assim vamos vivendo num emaranhado de noticias tenebrosas e ocorrencias mais tenebrosas.
      Quando vamos ver a luz no final do tunel? Como o Joao Vicente Goulart, ve o Ciro ? Sera que vai adiantar se mudar para o PC do B?
      Ele tem que lembrar que o pai dele pagou um preco altissimo para ele estar pulando de galho em galho.
      Nassif, gratidao por ter reconhecido que sem Lula livre, nao existe direitos, so tortos e torturadores, fisicos e mentais.

  5. A meu ver isso chama golpe, caro Nassif, golpe da iniciativa privada sobre o estado democrático de direito. A percepção de hipocrisia vem da corrupção fundamental: a coisa pública tocada pela iniciativa privada.

    Parece que tudo é dissimulação, mentira, simulacro, falso… “fake news”. Parece incoerência mas é porque, ao nosso sentir, coerência seria que o estado cuidasse da coisa pública, que houvesse democracia em lugar de autoritarismo, que houvesse lei em vez de casuísmos, que a Justiça fosse mesmo cega. Os estados são assim mas a iniciativa privada nem que quisesse poderia: já diz o nome, “privada”; tem um dono ou algum preposto do dono, não é de todos, como é o estado.

    A sensação de que as coisas estão incoerentes some na medida em que a gente se conscientiza de que quem está à frente dos cofres e das decisões públicas é a iniciativa privada.

    Na minha desimportante opinião, querendo se livrar da angústia que essa percepção, a pessoa tem duas opções: ou aceitam que não há mais democracia e se dispõem a lutar pelos seus próprios rabos, contra todos os outros, ou trabalham, no máximo e como der, para expulsar privatistas da gestão estatal. Tanto o primeiro (conformismo) quanto o segundo (trabalho) diminuem a angústia.

    (***)

    Pode haver iniciativa privada, não precisa que absolutamente todo trabalho pertença ao estado. Há milionários na China comunista; há até bilionários. Mas como dizem os próprios empresários privados chineses, não há a menor possibilidade de um grupo de bilionários interferir nas decisões do estado.

    11
  6. Eu ia comentar no outro post sobre o tal “direitos-já”……..muito legal, muito bacana mas qualquer “frente” que tenha FHC no meio, só pode dar em hipocrisia e instrumentalização…….FHC já tem seu “lugar cativo” e seu consequente “julgamento” nos livros de Historia do futuro…….não é possível aceitar um desplante ou uma desfaçatez tão flagrantes e descarados como o de FHC………..FHC, teu nome é instrumentalização e sobretudo hipocrisia….acredito no perdão….mas tem limites….

    18
    3
  7. Quando falam em anular o processo e realizar outro julgamento do Lula, lembro da juíza substituta do Moro, dos ministros do TRF4, dos procuradores da lavajato e do resto do Brasil. Acredito que outro juiz que julgá-lo novamente repetirá a condenação com os mesmos vícios do processo.

    13
    • Concordo, a justiça estruturalmente corrupta e classista segue a mesma. A diferença será que, dessa vez, provavelmente tomarão o cuidado de não usar o Telegram para combinarem a armação de suas tramoias.

    • Imagino que um novo julgamento do Lula, começa com o reconhecimento de que o juiz natural para julga-lo não é o titular da 13ª vara da Justiça Federal do Paraná. Como a acusação não envolve a Petrobras o juiz natural é da comarca de S. Paulo.

  8. Evento com os mesmos partidos que deram o golpe e estão votando, nesse exato momento, a retirada de direitos do trabalhador e do povo é hipocrisia…..chama-lo “direitos já” é bazófia, é nos taxar de imbecis………..

    Esses velhacos sentiram que o barco vai virar, como disse PHA, como vão defender nas proximas eleições esses safados que destruiram a clt, a previdencia, acabaram com o minimo?

    De qual partido é o relator da destruição da previdencia no senado? E querem que a gente caia nessa patranha novamente?

    Golpista é golpista e pronto….sem perdão…..

    15
    1
  9. Na conta dos verdadeiros erros do PT, PT, PT, e das esquerdas em geral, estará a inabilidade de colar nesses falsos democratas a associação, cumplicidade deles com o golpe e com os boçalnaros. Eles que continuem chamando de “radicais”, “comunistas”, “hegemonicos”, etc, problema deles. Perderam uma, duas, três, quatro eleições presidenciais seguidas e melaram jogo, literalmente, miseravelmente.

    15
  10. Sendo assim, este evento de tucanos-lavajatistas-salvos-por-engavetadores-e-agora-por-procuradores-corrompidos é o golpe, do golpe, do golpe.

    8
    1
  11. Finalmente eu leio um texto que aborda a coisa toda trazendo luzes para a escuridão. Parabéns, Nassif! Não se trata de Lula, somente. No lugar dele poderia ser Ciro, Haddad, vc , eu ou QQ outro. Trata-se de democracia! Trata-se de direitos!

  12. Isso é o que algum de nós percebemos já a muito tempo.
    Exigir autocrítica e “mea culpa” do partido que governou com alguma preocupação pelo povo trabalhador e pelos pobres é irreal. Isso de “exigirá desprendimento do PT, abrindo mão do protagonismo central.”, NÃO EXISTE! Afinal o PT é ou não o maior partido do Brasil?
    Não existe e não cabe. Porque ai reside o fulcro do golpe. A porca mídia, globo à frente, criminalizou de maneira canalha e golpista o PT (adjetivos perfeitos para definir o apoio que prestam ao …Macaco 17). Deste PT foi e é exigido mais pudor, rigor e desprendimento do que de São Pedro, guardião das chaves do Céu.
    Quem observa o Brasil de maneira crítica e independente não deve acreditar no que foi dito nos últimos anos nos J.N. da vida e defender isso. Nem jornalista nem juiz. Ai está o desenvolvimento da marcha fascista.
    ÇERRA45 e Laérçio passam ao largo. Assim como o canalha decrépito “boca de sovaco”.

  13. Lamento informar mas essa “frente” é apenas um artifício dos tucanos e seus miguxos liberais para se colocar como opção moderada ao caos bolsonarista que ajudaram a criar instilando o ódio na arena política do país, é como a metáfora do bode na sala, todos reclamavam da sala aí colocam o bode(Bolsonaro) e ela se torna insuportável, então nossos “heróis” criam um movimento para retirar o bode, a sala não mudou mas agora, sem o bode, parece maravilhosa, e nossos “bravos” liberais se jactarão de ter eliminado o bode que eles mesmos colocaram lá.

  14. Todo processo é constituído por uma sucessão de etapas. Penso q Lula somente será libertado pra um julgamento isento quando for restabelecido o Estado Democrático de Direito. Será q é possível inverter as etapas ?

  15. Como todos aqui somos adeptos de um meio ambiente gerido por uma proposta de sustentabilidade sou solidário aos movimentos como o Direitos Já, pois estão fazendo algo extremamente ecológico:
    RECICLANDO LIXO POLÍTICO.

    5
    2
    • Errado, prezado Rogério, lá não tem lixo político, pode ser que até tenha um pouco mas nada significativo. O que predomina é o lixo tóxico.

      1
      1
  16. tinha gente desconfiada já, mas
    nassif mostrou que continua admirável.
    mas como diria um petista, o pt não é culpado
    de ser o protagonista político desses últimos
    tempos no país, sempre em primeiro ou pelo
    menos em segundo….
    ou melhor Dizendo:
    a questão não é deste ou daQUELE PARTIDO,
    É DE DEFESA DOS INTERESSES DA MAIORIA
    DA POPULAÇÃO BRASILEIRA – COMO A POLITICA
    DE INCLUSÃO SOCIAL, POR EXEMPLO….

    3
    1
  17. Isso é o que algum de nós percebemos já a muito tempo.
    Exigir autocrítica e “mea culpa” do partido que governou com alguma preocupação pelo povo trabalhador e pelos pobres é irreal. Isso de “exigirá desprendimento do PT, abrindo mão do protagonismo central.”, NÃO EXISTE!
    E não cabe. Porque ai reside o fulcro do golpe. A porca mídia, globo à frente, criminalizou de maneira canalha e golpista o PT (adjetivos perfeitos para definir o apoio que prestam ao …Macaco 17). Deste PT foi e é exigido mais pudor, rigor e desprendimento do que de São Pedro, guardião das chaves do Céu.
    Quem observa o Brasil de maneira crítica e independente não deve acreditar no que foi dito nos últimos anos nos J.N. da vida e defender isso. Nem jornalista nem juiz. Ai está o desenvolvimento da marcha fascista.
    ÇERRA45 e Laérçio passam ao largo. Assim como o canalha decrépito “boca de sovaco”.

  18. FHC é autor do golpe, contratou os “devorgados” Realinho e Janaína. Sò que o sujeito gosta das tertúlias dos democratas europeus, por isso tenta esconder esse seu lado bestial. Igual às conhecidas personagens de Machado de Assis ou do tal do Barroso, que chora quando se descobre que não passa de um escravocrata que, por taras raciais, desdenha das capacidades da grande maioria da população brasileira e ainda contribui ativamente para o ocaso de uma ordem jurídica internacional, afrontando decisões da ONU.

  19. Pois é, Nassif! Agora sim. Fiquei um tanto espantado com a sua empolgação inicial com esse “Direitos-Já” que, ao menos para mim, soava mais como “Direita-Já”, mas depois você foi relativizando essa posição ao longo da semana e chegamos aqui neste texto. De fato, defesa da democracia com Lula preso e, como dizem ter lembrado Flávio Dino no evento, todos os presos políticos e as prisões arbitrárias já ocorridas sob o atual estado de exceção, é uma baita hipocrisia.

    Mas você ainda insiste nessa tese do desprendimento do PT, embora também já mais relativizada, pois não mais abrindo mão do protagonismo do campo progressista mas de seu protagonismo central. Tendo a concordar com você, com uma pequena ressalva. Creio que o PT deva mesmo cultivar este desprendimento, desde que outros partidos e suas lideranças, democráticos e progressistas, também se façam capazes de disputar esse protagonismo. Penso que não é culpa do PT e de Lula ocupar uma posição hegemônica, mas também é responsabilidade daqueles que não se colocaram à altura para fazer essa disputa.

    Ao pedir para que PT e Lula saiam de cena, o que nos sobra? Ciro e o PDT, ou outro partido que lhe aprouver, por exemplo? O que lhe garante que irão “abrir mão da mais eficiente arma eleitoral de que dispomos”?

  20. De certa forma, deixou-me indignado o vídeo do Nassif no dia seguinte à reunião dos cafajestes por não perceber que, sem Lula, o maior preso político do mundo no momento, e sem o PT, que só não ganhou a eleição devido às gigantescas fraudes e à criminosa omissão do judiciário, não há chance de prosperar grupamentos desse tipo. Parabéns por ter reconhecido em tempo a merda que fez. Na verdade, gosto de ler o Nassif quando ele fala do passado e mostra os bastidores. Mas quando fala do presente o do futuro, exclui totalmente o povo de suas reflexões. Um pequeno burguês, nada mais.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome