Anotações mostram dinheiro recebido por Queiroz para pagar hospital

Márcia recebeu R$ 174 mil e usou R$ 148 mil para custear os gastos do tratamento. Ela anotou no papel que "sobrou" R$ 26 mil

Jornal GGN – Anotações apreendidas pela polícia no final de 2019 com Márcia Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, mostra o dinheiro recebido por ela para bancar a dívida do ex-assessor de Flávio Bolsonaro com o Hospital Albert Einstein, onde ele foi internado para tratamento de câncer, e outras despesas. O bilhete foi divulgado no Estadão desta sexta (19).

Márcia recebeu R$ 174 mil e usou R$ 148 mil para custear os gastos do tratamento. Ela anotou no papel que “sobrou” R$ 26 mil.

As anotações foram informadas ao juiz Flávio Itabaiana, que autorizou a prisão de Queiroz, executada na quinta (18).

“Anotações manuscritas em caderneta apreendida na residência de Márcia Oliveira de Aguiar e os recibos do Hospital Israelita Albert Einstein também comprovam que a mulher do operador financeiro da organização criminosa recebeu pelo menos R$ 174 mil, em espécie, de origem desconhecida e pagou as despesas do hospital com dinheiro vivo”, informaram os procuradores no pedido de prisão.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. O PMS (Programa Miliciano de Saúde) custa caro para quem é da diretoria corporativa do crime. Os 40.000 reais será que foram o pagamento que Bolsonaro fez como devolução dos 24.000 depositados na conta da primeira-dama?

  2. Como as despesas hospitalares foram de R $70 mil,os R $60 mil indicados com custo da operação referem-Se aos honorários médicos.
    Deveriam fazer uma pesquisa para ver se esses médicos declaram esses valores ao imposto de renda.

  3. Aviso aos navegantes. Guedes entrou no governo para receber é não dar. Ele não sairá, voluntariamente, a menos q não tenha lucro pessoal é para pessoal q o empregou.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome