Antes de Moro sair, Ministério da Justiça blindou Lava Jato contra Lula

Ministério da Justiça negou à defesa do ex-presidente o acesso aos atos de cooperação praticados a pedido da Lava Jato com os Estados Unidos

Jornal GGN – Dois dias antes de Sergio Moro anunciar a demissão, o Ministério da Justiça proferiu decisão negando à defesa do ex-presidente Lula o acesso aos atos de cooperação praticados a pedido da Lava Jato com os Estados Unidos. A blindagem foi revelada pelo advogado Cristiano Zanin nas redes sociais. “Será que agora teremos acesso [aos atos]?”, questionou no Twitter.

A defesa de Lula quer detalhes da cooperação entre procuradores brasileiros com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos durante a Lava Jato, porque há indícios de irregularidades no processo. As suspeitas ganharam força na esteira das reportagens produzidas pelo The Intercept Brasil e veículos associados, com base em mensagens de Telegram vazadas por 2019.

Além disso, os advogados lutam para ter acesso aos autos do processo que a Petrobras enfrentou nos Estados Unidos. A ideia é mostrar que mesmo com a estatal condenada a desembolsar bilhões de reais para pagar multas impostas pelos norte-americanos, não ficou provada a participação de Lula nos esquemas delatados.

O GGN produziu uma série de vídeos explicando a influência dos EUA na operação que nasceu em Curitiba, e os fatores que levaram ao boom da indústria do compliance no Brasil. O capítulo 2 e 4 tratam do tema.

Confira a playlist abaixo.

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Popularidade de Bolsonaro impulsiona pautas de costumes

7 comentários

  1. Trata-se de um escandaloso processo em que a empresa vitima de falcatruas – Petrobras – é ainda obrigada a indenizar meliantes que promoveram seu estrangulamento!

  2. Pelo tamanho do medo que ele tem de serem revelado todos dados do acordo entre a Petrobrás e o Departamento de Justiça Americano, talvez além de novos crimes descobertos, que irão desmascarar de vez a grande fraude que é Sérgio Moro, como suposto moralizador, nós poderemos descobrir quem são todos os traidores e todas as traidoras que por vantagens de status, de dinheiro e de poder causaram o maior prejuízo que o país já sofreu em sua história. Destruíram o emprego, as empresas, as classes sociais de média para baixo, destruíram famílias, os estado de direito, e a própria justiça brasileira. Porém (quem sabe?) quando menos esperarmos, nós vamos assistir a revelação toda imundície que está por trás desse suspeitíssimo e traiçoeiro acordo.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome