Aras recebe relatório final da CPI da Pandemia

Ao lado de senadores, PGR afirmou que uma equipe sob sua coordenação analisará todos os dados e adotará providências cabíveis

Foto: João Américo/Secom/PGR

Jornal GGN – O procurador-geral da República, Augusto Aras, recebeu na manhã desta quarta-feira (27/10) uma cópia integral do relatório final elaborado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, aprovado ontem pelo colegiado.

“Esta CPI já produziu resultados. Temos denúncias, ações penais e civis em curso, autoridades afastadas. E a chegada desse material que envolve pessoas com prerrogativa de foro por função vai contribuir para que possamos dar a agilidade necessária à apreciação dos fatos que possam ser puníveis seja civil, penal ou administrativamente”, disse Aras.

Em relação ao relatório, o PGR reiterou que uma equipe qualificada analisará, sob sua coordenação direta, todas as informações, e adotará as providências cabíveis, sempre sustentadas no respeito à Constituição e às leis que, conforme pontuou, é o que assegura credibilidade ao trabalho do Ministério Público.

Ficou acertado que ainda hoje, a CPI enviará à PGR, de forma separada, a parte da documentação referente a pessoas cujas investigações devem tramitar perante o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Com R$ 10 você pode ajudar o GGN a seguir com seu jornalismo independente. Clique aqui e saiba mais

Augusto Aras também foi informado sobre a disposição da CPI de fazer a entrega das partes do relatório que estão relacionadas a pessoas que, por lei, devem ser processadas em outras instâncias judiciais.

O PGR não só assentiu com a medida como afirmou que essa descentralização “racionaliza o trabalho” e permite que a avaliação seja feita de forma mais rápida.

A entrega foi feita durante audiência entre o PGR e dez parlamentares, sendo nove senadores e um deputado. Entre os participantes da audiência, estavam o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD/AM), o relator, Renan Calheiros (MDB/AL) e o vice-presidente, Randolfe Rodrigues (Rede/AP).

Leia Também

CPI da Pandemia retira nome de Heinze da lista de pedidos de indiciamento

Relatório final da CPI da Pandemia ampliou lista de indiciados. Confira os 81 nomes

Brasil atingiu o mais fundo patamar de horror, afirma Dilma durante Plenária da CUT

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador