Assista: O depoimento de Greenwald à Câmara sobre vazamentos da Lava Jato

Glenn terá 20 minutos para fazer uma apresentação inicial. Depois, poderá ser interpelado pelos deputados, que terão, cada um, 3 minutos para fazer perguntas. Já há mais de 30 deputados inscritos para participar do debate

Foto: Agência Senado

Jornal GGN – O jornalista e criador do Intercept Brasil, Glenn Greenwald, é esperado na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados a partir das 15h desta terça (25).

O deputado federal Tulio Gadelha (PDT), um dos autores do convite a Glenn, afirmou que espera que o jornalista apresente “novidades” durante seu depoimento aos deputados.

Glenn terá 20 minutos para fazer uma apresentação inicial. Depois, poderá ser interpelado pelos deputados, que terão, cada um, 3 minutos para fazer perguntas. Já há mais de 30 deputados inscritos para participar do debate.

O GGN ESTÁ EM CAMPANHA NO SITE “CATARSE” PARA LANÇAR UMA SÉRIE DE REPORTAGENS E UM DOCUMENTÁRIO INÉDITO SOBRE PREVIDÊNCIA, TOMANDO AS CONSEQUÊNCIAS DA CAPITALIZAÇÃO NO CHILE COMO EXEMPLO DO QUE O GOVERNO BOLSONARO DESENHA PRO BRASIL. PARA SABER MAIS E APOIAR ESSE PROJETO, ACESSE: www.catarse.me/oexemplodochile

O Intercept tem revelado, desde o dia 9 de junho, conversas privadas, no Telegram, entre Sergio Moro e os procuradores da Lava Jato em Curitiba, que negam a autenticidade das mensagens.

Os diálogos sugerem conluio entre o Juízo e o Ministério Público Federal no caso triplex, que levou o ex-presidente Lula à prisão e impediu sua candidatura presidencial, pavimentando caminho para a vitória de Jair Bolsonaro.

Assista a audiência com Glenn, ao vivo, no link abaixo.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  "Moro tem uma formação intelectual fascista", diz Renan Calheiros

2 comentários

  1. Túlio Gadelha, pois, aquele que eleito por ser namorado da Fátima? Haja paciência. Não basta tudo o que o jornalista já tornou público? Seriam retardados esses deputalhos? Mais e mais “descobrimentos”, nada mais fofocaria a alimentar os fachos-umbigados-desses-de-sempre.

  2. Muita calma nesta hora!!! Moro e Dallagnol fora do país, sem dar satisfações a ninguém. Estranho…
    Pode ser o álibi perfeito, caso abra-se a guarda e Lula sofra um atentado. Suspeitos, os dois??? Claro que não! Estavam fora do país quando tudo aconteceu. E tratando de assuntos corriqueiros. Tão insignficantes que nem vale à pena dizer o que é.
    Prudência e caldo de galinha… já diziam os mais velhos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome