Beneficiário de programa social desmonta, diante de Lula, discurso da (pseudo!) meritocracia, por Romulus

Beneficiário de programa social desmonta, diante de Lula, discurso da (pseudo!) meritocracia

Por Romulus

Essa, a consciência política que o discurso da pseudo-meritocracia tenta corroer.

A visão clara de que:

– “Política” é correlação de forças para determinar os destinos da polis.

– “Economia” ~política~ é a alocação de recursos escassos (na polis).

– Ambas refletem ao fim e ao cabo escolhas. Até mesmo com algum fundamento ~moral~ subjacente, não?

Exemplo:
Alguma dúvida de que ~Jesus~ – para falar do conjunto de valores morais mais impregnado em mim – iria à formatura desse sujeito?
Não só digo que iria, como também que transformaria a água em ~cerveja~ na comemoração depois!

*

É essa dimensão de escolha política e econômica, priorizando quem mais precisa no gasto do Estado, que é alvo do discurso:
– da pseudo-meritocracia no plano moral; e
– da economia como ciência exata, equiparada, no limite, à matemática.

Ambos, enfoques que se prestam ao uso político demagógico, posto que intuitivos e de “venda” fácil ao público menos informado.

Atenção:
– O que abrange, inclusive, a classe média, com educação ~formal~ e os seus canudos!

Isso, apesar de tais proposições se basearem em sofismas, falácias, falsas subsunções e causalidades incompletas.

O problema?

Conhecimento ≠ Sabedoria

*

>>Entendem por que urge, para o golpe, eliminar filosofia e sociologia do currículo escolar, bem como suprimir a perspectiva crítica com a “Escola (?) sem partido”?<<

*   *   *

Achou meu estilo “esquisito”? “Caótico”?

– Pois você não está só! Clique na imagem e chore suas mágoas:

*

(i) Acompanhe-me no Facebook:

*

(ii) No Twitter:

*

(iii) E, claro, no meu blog aqui no GGN:

*

Quando perguntei, uma deputada suíça se definiu em um jantar como “uma esquerdista que sabe fazer conta”. Poucas palavras que dizem bastante coisa. Adotei para mim também.

 

 

Redação

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador