Bolsonaro cede a Trump, e zera imposto sobre etanol dos EUA

Cota de combustível que será comprado dos Estados Unidos equivale a 187,5 milhões de litros; decisão contou com influência de Ernesto Araújo

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, e Jair Bolsonaro. Foto: Alan Santos / PR

Jornal GGN – O governo Jair Bolsonaro cedeu aos pedidos dos Estados Unidos e estendeu a isenção de imposto de importação sobre o etanol norte-americano.

A decisão foi anunciada na última sexta-feira (11/09) pelo comitê executivo da Câmara de Comércio Exterior (Camex), composto pela Presidência da República e pelos ministérios da Economia, das Relações Exteriores e da Agricultura.

A medida corta a taxa de 20% sobre 187,5 milhões de litros originados dos Estados Unidos por um período de 90 dias. Anteriormente, o governo brasileiro liberou a importação de 750 milhões de litros de etanol norte-americano sem o imposto. Nesse caso, a medida venceu em 31 de agosto.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, a medida teve influência direta do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que convenceu o presidente Jair Bolsonaro a adotar um novo gesto de apoio ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que disputa a reeleição em menos de dois meses.

 

 

Leia Também
Deutsche Bank prevê chegada de ‘desordem’ global por “guerra fria” entre EUA e China
Após afirmar seu desejo de entrar para política, 04 se reúne com Republicanos
MPF cobra informações do governos sobre reforma agrária
Sem amparo do governo, indígenas fazem operação contra invasão de madeireiros

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora