Bolsonaro não sabe quem vai pagar por documentos veiculares em 2020

Custos eram arcados pelo DPVAT, seguro obrigatório que foi extinto pelo presidente por meio de Medida Provisória

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A extinção do seguro obrigatório para veículos (o DPVAT) levantou uma questão dentro do governo Jair Bolsonaro: quem vai fornecer os papéis usados para a emissão do documento de mais de 65 milhões de veículos licenciados por ano no país a partir do próximo ano?

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, a emissão e distribuição do documento era de responsabilidade da Seguradora Líder, que também administrava o DPVAT. A situação se torna ainda pior uma vez que os papéis começariam a ser distribuídos na virada deste ano.

O governo disse que está estudando quem vai responder pelo serviço, mas ainda não há uma decisão tomada a respeito. O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), vinculado ao Ministério da Infraestrutura, também disse que está estudando o que fazer após a decisão do presidente Bolsonaro. Uma das possibilidades cogitadas é de que o custo recaia sobre os Detrans de cada estado.

O documento é usado pelos Detrans dos estados, que imprime informações sobre o veículo (placa, chassi, cores, modelo), o comprovante de pagamento do DPVAT, o nome do proprietário e informações sobre como acionar o seguro obrigatório, em caso de acidente. Em 2018, foram emitidos 65,2 milhões de documentos, em um custo de mais de R$ 270 milhões.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ministério não compra insumos, e Brasil tem mais testes armazenados do que feitos até agora

6 comentários

  1. Quem foi o maior beneficiário pela queda do Imposto ?

    Salim Mattar, dono da localiza e ministro nas horas vagas.

    deve dar sua cota de contribuição nesse momento tão difícil. SELVA !!!!

  2. Simples. É só descontar do IPVA, que por si só já é absurdamente caro, ou usar o dinheiro vindo ta taxa de licenciamento, que até hoje num consegui descobrir pra que serve.

  3. faz um documento de licenciamento digital, não precisa estar com o papel o tempo todo junto! A policia tem como consultar pela placa a situação do veículo. Em em caso de clone, é muito fácil clonarem uma impressão para burlar a fiscalização.
    o grande problema que esta decisão esta em cima da hora sem planejamento, simplesmente, para atacar um oponente político (bivar) que é dono de parte da Seguradora Líder.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome