Bolsonaro vai recriar 2 ministérios e nomear políticos em troca de medida provisória

Decisão foi anunciada por senador do MDB após reunião com Paulo Guedes a respeito da medida provisória da reforma administrativa

Jornal GGN – Contrariando um pouco mais o discurso da “nova política”, o governo Bolsonaro vai recriar dois ministérios e entregá-los a titulares “políticos”, para conseguir aprovar a medida provisória da reforma administrativa. A informação é da Folha desta terça (7).

Segundo o jornal, a medida foi anunciada pelo Senador Fernando Bezerra (MDB), após reunião com o ministro Paulo Guedes. De acordo com o parlamentar, o tema já foi debatido com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Onyx Lorenzoni.

A ideia é desmembrar o Ministério do Desenvolvimento Regional em duas pastas: Cidades e Integração. “Um articulador do Palácio do Planalto disse reservadamente que estas pastas serão comandadas por políticos, o que, concretizado, representará uma mudança no comportamento do governo Bolsonaro”, anotou o jornal.

Bolsonaro vem fazendo o discurso de que seu primeiro escalão é composto por técnicos, afastando a distribuição de cargos por critérios políticos, para agradar aliados ou barganhar apoio no Congresso. Mas com dificuldade para avançar com suas demandas no Legislativo, a postura tem mudado na prática.

Atualmente, apenas integrantes de DEM, MDB, Novo e PSL são ministros, embora Bolsonaro negue indicações partidárias.

Não está definido ainda qual partido ficará com os ministérios novos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pequena história ilustrada sobre o fim da Lava Jato, por Luis Nassif

7 comentários

  1. Finalmente acabou o “Toma lá, dá cá. Agora é a vez do “Dá cá, toma lá”.

    Seriam 15 ministérios, que ficaram em 21 e agora vão a 23. E o salário, óóóó!

    Cadê o Queiroz?

    Falem com o Miçias de Jesus, $enador de Roraima.

  2. Ou seja: além de ministérios dirigidos por “técnicos” imbecís, teremos novos ministérios dirigidos por “políticos” imbecís. Só vai aumentar o números de moscas… a m continuirá a mesma!

  3. No meu conceito o governo tem coragem de expor com transparência sua situação, os casos de corrupção continuam apesar dos esforços de ajeitar, e apesar disso tudo nos cidadãos de bem em conjunto vamos dar resposta as autoridades, além do Pres.Lula livre pois não há crime sem delito.

    5.5.2019

  4. Matéria tendenciosa.

    ” Um articulador do Palácio do Planalto disse reservadamente…..”

    Quem é “um articulador?”

    Esse tipo de notícia só atinge quem lê apenas a capa de jornal.

  5. Não existe transparência, existe um governo fraco sem poder de articulação, torpor e débil.
    Esse governo estar longe de ser o governo que o povo brasileiro esperavam.
    Acabou de demitir a diretora da Apex, porque ela não compactua a com contratos espúrios que o presidente Jair Bolsonaro quer a qualquer custo mantê-los. Enfim esse governo é uma fralde.

  6. Não existe transparência, existe um governo fraco sem poder de articulação, torpor e débil.
    Esse governo estar longe de ser o governo que o povo brasileiro esperavam.
    Acabou de demitir a diretora da Apex, porque ela não compactua a com contratos espúrios que o presidente Jair Bolsonaro quer a qualquer custo mantê-los. Enfim esse governo é uma fralde.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome