Bolsonaro vai recriar 2 ministérios e nomear políticos em troca de medida provisória

Decisão foi anunciada por senador do MDB após reunião com Paulo Guedes a respeito da medida provisória da reforma administrativa

Jornal GGN – Contrariando um pouco mais o discurso da “nova política”, o governo Bolsonaro vai recriar dois ministérios e entregá-los a titulares “políticos”, para conseguir aprovar a medida provisória da reforma administrativa. A informação é da Folha desta terça (7).

Segundo o jornal, a medida foi anunciada pelo Senador Fernando Bezerra (MDB), após reunião com o ministro Paulo Guedes. De acordo com o parlamentar, o tema já foi debatido com o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Onyx Lorenzoni.

A ideia é desmembrar o Ministério do Desenvolvimento Regional em duas pastas: Cidades e Integração. “Um articulador do Palácio do Planalto disse reservadamente que estas pastas serão comandadas por políticos, o que, concretizado, representará uma mudança no comportamento do governo Bolsonaro”, anotou o jornal.

Bolsonaro vem fazendo o discurso de que seu primeiro escalão é composto por técnicos, afastando a distribuição de cargos por critérios políticos, para agradar aliados ou barganhar apoio no Congresso. Mas com dificuldade para avançar com suas demandas no Legislativo, a postura tem mudado na prática.

Atualmente, apenas integrantes de DEM, MDB, Novo e PSL são ministros, embora Bolsonaro negue indicações partidárias.

Não está definido ainda qual partido ficará com os ministérios novos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora