Carlos e Eduardo Bolsonaro foram intimados sobre atos antidemocráticos, diz jornal

A PF teria intimado os filhos 02 e 03 do presidente em inquérito no STF. Segundo canal televiso, a PGR estaria atuando para blindar o clã Bolsonaro

Carlos, Eduardo e Jair Bolsonaro - Foto: Divulgação/Redes

Jornal GGN – Além dos esquemas de “rachadinhas”, os filhos do presidente também foram intimados a depor no inquérito que investiga os atos antidemocráticos, no Supremo Tribunal Federal (STF). Desta vez, a Polícia Federal intimou os filhos 02 e 03, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Segundo canal televiso, a PGR estaria atuando para blindar o clã Bolsonaro.

De acordo com informações da CNN, o depoimento de Eduardo estaria previsto para a próxima terça-feira, dia 22, e de Carlos Bolsonaro estava agendado para o último dia 10, sem confirmação da PF se foi realizado.

O inquérito tramita em segredo de Justiça. Mas de acordo com o canal televisivo, as investigações estão na fase de calcular os custos dos atos antidemocráticos com, segundo os investigadores, esquema de financiamento ou possivelmente lavagem de dinheiro.

Segundo a delegada responsável pela investigação, Denisse Dias Rosas Ribeiro, “identificou-se que o Foco do Brasil monetizou, entre março de 2019 e maio de 2020, o montante de US 330.887, dados que reforçam a necessidade de realização de ação de busca e apreensão no local”. O Foco do Brasil é um dos canais bolsonaristas que transmitiu, ao vivo, os atos antidemocráticos no dia 19 de abril.

Ainda, segundo a CNN, a Procuradoria-Geral da República (PGR) estaria atuando para que as investigações não se aproximassem da família Bolsonaro, ao ter negado, em despacho, pedidos “formulados por terceiros alheios às apurações” de “inclusão dos investigados e de sugestão de diligências a serem realizadas”.

Leia também:  Tribunal Penal Internacional arquiva acusações contra Bolsonaro

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome