Costa quer análise de dispensa de licitação para transporte de vacinas

Senador do PT também pede apuração dos relatos de “amadorismo e ineficiência” no transporte de vacinas infantis

Senador Humberto Costa (PT-PE). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Jornal GGN – O senador Humberto Costa (PT-PE) entrou com pedidos de investigação junto ao Ministério Público Federal e à Procuradoria-Geral do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União da empresa Intermodal Brasil Logística (IBL).

A empresa foi contratada pelo governo federal por R$ 62,2 milhões em dezembro de 2021, em operação que dispensou licitação, para realizar o transporte das vacinas contra a covid-19 destinadas à população infantil.

Segundo a Agência Senado, Costa pede também a apuração dos relatos de “amadorismo e ineficiência” no transporte das vacinas e da possibilidade de “cominações de multa e de devolução de recursos ao erário, inclusive contra as autoridades do Ministério da Saúde” envolvidas com os fatos.

“O país precisa saber as reais condições dessa contratação, os valores envolvidos e os relatos de falhas”, afirmou Humberto nas redes sociais.

Recentemente, a imprensa divulgou relatos de problemas de logística envolvendo a distribuição dos primeiros lotes de vacinas para crianças, em meio a polêmicas criadas pelo presidente Jair Bolsonaro, que constantemente coloca a necessidade de vacinação das crianças em dúvida.

Leia Também

Estados e DF têm 48 horas para explicar vacinação irregular em crianças

ANS vai obrigar planos de saúde a cobrirem testes contra covid-19

GGN Covid: em São Paulo, casos saltam de 1.330 para 11.409 em um dia

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador