“Deplorável”: Doria critica Bolsonaro por retaliar governadores segurando recursos

Sobre a saída de Teich, governador de São Paulo espera que sucessor não siga orientações "ideológicas" de Bolsonaro, mas a ciência

Jornal GGN – O governador de São Paulo João Doria chamou de “gesto deplorável” a atitude de Jair Bolsonaro. Segundo reportagem de O Globo divulgada nesta sexta (15), o presidente, para retaliar os governadores, tem demorado para fazer repasses de recursos destinados justamente ao enfrentamento do coronavírus.

“Retaliar governadores porque têm cumprido o dever de atender a ciência e saúde dos brasileiros é um gesto deplorável”, disparou Doria.

“Bolsonaro está deliberadamente retardando recursos para retaliar os governadores. O gesto demonstra mais uma vez a insensibilidade, intolerância e incapacidade de Bolsonaro de compreender a dimensão do cargo que ocupa. Bolsonaro mistura os canais e pensa que governar o Brasil é administrar sua família”, comentou o governador.

Doria apelou para que Bolsonaro pare de “colocar o país dentro de um caldeirão interminável de brigas e atritos”. “O país, para vencer a pandemia, precisa estar unido, precisa estar em paz.”

Sobre a demissão de Nelson Teich, segunda baixa no Ministério da Saúde em plena pandemia de coronavírus, Doria lamentou e disse esperar que “sucessor que não incorra no grave erro de seguir orientações ideológicas, partidárias, pessoais ou familiares. Um ministro da Saúde deve proteger a saúde dos brasileiros, e não a individualidade das intenções dese ou daquele mandatário.”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora