“É o Lula de sempre. Ele tem fúria”, diz Florestan Fernandes

Lula: "O que me mantém vivo, e é isso que eles têm que saber, eu tenho um compromisso com este país, com este povo"

Jornal GGN – “Suas mãos tremem um pouco quando começa a ler. Seu rosto fica vermelho olhando para o texto que traz um rosário de críticas contra seus julgadores. ‘Sei muito bem qual lugar que a história me reserva. E sei também quem estará na lixeira.’ Lula critica o ex-juiz Sergio Moro, responsável pela sua condenação, a operação Lava Jato, e o procurador da Deltan Dallagnol. ‘Reafirmo minha inocência, comprovada em diversas ações’. O silêncio é absoluto, apesar da presença de delegados da Polícia Federal e de três oficiais armados, todos a serviço da PF, que está sob o guarda-chuva do Ministério da Justiça, conduzido por Sergio Moro.”

Esse é o primeiro parágrafo da reportagem de Florestan Fernandes, ao El País Brasil, com a entrevista do ex-presidente Lula, após uma batalha jurídica, na manhã desta sexta-feira (26). A narrativa de Florestan é desde as palavras e gestos de Lula, mas também a partir de perspectiva pessoal do jornalista nos fatos que rodeavam aquele momento: “Lula está engasgado e sabe que esta entrevista é a oportunidade para falar depois de um ano silenciado pela prisão em abril de 2018”, continuou.

“É o Lula de sempre. Ele está igual. Quem esperava vê-lo envelhecido ou derrotado, se frustra. Ele tem fúria”, descreve o jornalista.

Foi ao comentar a morte de seu neto, Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, que Lula desabafou: “Eu às vezes penso que seria tão mais fácil que eu tivesse morrido. Porque eu já vivi 73 anos, eu poderia morrer e deixar meu neto viver.”

Leia também:  Allende sacrificou a vida, Lula a liberdade, por Francisco Celso Calmon

E ao narrar as motivações que o mantêm firme, mesmo ainda dentro da prisão, Lula criticou o “messianismo ignorante” daqueles que o condenaram, que “forjaram uma história”. “Eu tenho muitos momentos de tristeza aqui. Mas o que me mantém vivo, e é isso que eles têm que saber, eu tenho um compromisso com este país, com este povo”, declarou.

Leia aqui a primeira matéria de Florestan Fernandes, uma introdução da sequência de outros trechos da entrevista de Lula aos jornalistas, que serão publicadas ao longo do dia pelo jornal. Nessa primeira parte, Florestan assegura: “É o Lula de sempre. Ele está igual”.

Acompanhe também alguns trechos da entrevista

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

17 comentários

  1. Muita emoção…Como se estivesse revivendo o início da reabertura democrática no nosso País!Que viva Lula!Congratulações a todos os q acreditam no Brasil e em nosso mais aguerrido Presidente!

  2. Maravilhoso Lula. Como o pais5l retrocedeu tanto?
    E o pior é saber que estamos destruindo a cultura e o pensamento progressista a partirvde votos.
    Que decepção desse nosso povo.

  3. Só um verme como Moro aceitaria um papel como esse de tanta arbitrariedade e desumanidade. Somente um ser abjeto escreveria na sua decisão de prisão que “…embargos de declaração constituem apenas uma patologia protelatória e que deveria ser eliminada do mundo jurídico”. Direito de defesa é patologia? Esse cara não é normal e ele sim que tem patologias graves. Sua decisão de prisão do Lula foi um atentado, um ato de extrema violência contra um ser humano por motivação política. Todos sabem que Lula solto e candidato seria eleito no primeiro turno, apesar do linchamento midiático e judicial. Temos que resistir.

  4. Lula na entrevista: “passo o dia lendo, assistindo seriados, acompanhando o noticiário. Tenho estudado muito. Acho que vou sair melhor do que entrei. Quero ter menos raiva das pessoas, compreender melhor o mundo.” Palavras sábias do maior líder popular que o Brasil produziu. Temos o privilégio de sermos contemporâneos de um gigante! Lula Livre!

    • mesmo com tudo que a velha mídia investiu contra o Lula, nem com as manipulações da leis constitucionais do togado Moro , nem a conivência dos Tres Poderes com o Golpe ao PT, nem com a disseminação do ódio através dos fake news…conseguiram derrubar a moral deste pequeno grande homem de alma limpa e de amor ao povo brasileiro… ele só cresce por dentro de si mesmo e diante do mundo…. o povo trabalhador brasileiro amamos voce presidente

  5. muita emoção de ver o grande lula de sempre e
    o profissionlismo de florestan fernandes, do qual fiquei fã…

  6. mesmo com tudo que a velha mídia investiu contra o Lula, nem com as manipulações da leis constitucionais do togado Moro , nem a conivência dos Tres Poderes com o Golpe ao PT, nem com a disseminação do ódio através dos fake news…conseguiram derrubar a moral deste pequeno grande homem de alma limpa e de amor ao povo brasileiro… ele só cresce por dentro de si mesmo e diante do mundo…. o povo trabalhador brasileiro amamos voce presidente

  7. O ódio a Lula é que ele provou pra elite que o homem comum pode sim ser um grande lider e ele foi além. Lula LIVRE já!

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome