Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Marco Aurélio pede manifestação da PGR sobre ação contra Bolsonaro

4 comentários

  1. Conjur: Projeto que obriga MP a não esconder prova partiu de artigo de Lenio Streck na ConJur
    Trecho:
    “Faz tempo que escrevo e defendo essa ideia. O Ministério Público não tem que fazer agir estratégico. O MP tem que agir com imparcialidade como na Alemanha, na Itália e nos Estados Unidos”, explica.

    O jurista também rechaça o termo usado pela APMP. “Não é verdade que será criado um ‘promotor de defesa’. É apenas o papel do Ministério Público, que vai passar a agir de modo imparcial. Esse nome “promotor de defesa” é uma manobra. É um drible da vaca. Uma nomenclatura absolutamente equivocada. Quer dizer que os alemães, italianos e norte-americanos estão equivocados?”, questiona.
    Leia o artigo em
    https://www.conjur.com.br/2020-fev-13/projeto-obriga-mp-nao-esconder-prova-partiu-artigo-conjur

  2. A verdadeira história do Coronavirus agora que está começando.
    Todos vão lembrar com saudades do esquema militar e fechado que a China usou no início do surto do COVID-19, pois agora este vírus está chegando nos países mais “livres” e “desorganizados”. Primeiro temos uma classe médica que quer evitar o pânico, principalmente o seu pânico devido a incapacidade organizacional em combater epidemias como estas. Poucos são os médicos com treinamento e conhecimento, provavelmente serão deixados de lado na hora de decisões mais importantes para médicos-políticos ou políticos-médicos, pois além das medidas a serem feitas é necessário recursos e PODER.
    Os burocratas chineses tentaram no início jogar uma espécie de esconde-esconde com a doença, porém numa hora Xi Jinping e o comitê central do PCC engrossou a voz e o bicho pegou. Poucos sabem, que a coisas estavam tão sérias, que duas equipes que estavam construindo os hospitais em 9 dias cada um, chegaram a sair no braço devido ao trabalho deficiente de um dos grupos. Terminado a construção houve um armistício negociado pelos chefes, mas não um tratado de paz.
    Os correspondentes a governador de estado e prefeito no Brasil, membros do PCC por não ter agido de forma célere foram simplesmente removidos do cargo e esperam julgamento. Em nenhum momento faltou comida e água na zona de quarentena, máscaras estiveram raras, mas de toda a China o povo enviou máscaras para a zona mais afetada. Ou seja, a disciplina do povo chinês, que vale para todos e principalmente para os membros do Partido Comunista Chinês, que se falham recebem as maiores punições.
    Agora vejamos as primeiras notícias na livre e democrática Itália, os italianos foram como gafanhotos aos supermercados e simplesmente os esvaziaram, quem não chegou a tempo, que se vire por si mesmo.
    A Organização Mundial de Saúde (OMS) não tem medo do COVID-19, pois sabe perfeitamente que este vírus tem um alvo principal, os velhos, crianças até 14 anos já com a China com mais de mil casos identificados não havia uma criança nem com sintomas, adultos saudáveis com menos de 40 anos a imensa maioria se recupera, porém velhos com mais de 70 anos e problemas cardíacos, diabetes e outros, a taxa de mortalidade pode chegar a 50%, e segundo estimativas de uma virologista francesa, chefe de um hospital de referência pode atingir 80% da população (sempre lembrando que a imensa maioria dos mais jovens ou nem ficam com sintomas ou simplesmente conseguem se curar com relativa facilidade). Logo este vírus tem tudo para se espalhar nos próximos dois anos e simplesmente modificar a pirâmide demográfica dos países cortando o pico dos velhinhos. Digo dois anos, pois é a previsão corrente para a criação de uma vacina.
    Mas voltando a OMS, eles não declaram que estamos numa Pandemia simplesmente porque sabem que os países não estão preparados e nem vão se preparar tão cedo. Os chineses construíram em poucos dias 2400 quartos com todo o equipamento necessário para internar os pacientes mais críticos, com quartos VEDADOS, com sistema de pressão negativa, com exaustão com filtro e mais equipamentos e cada quarto, somente vejo os franceses no ocidente levando a sério a pandemia, enquanto as redes de TV chamam especialistas de auto nível para programas sérios de esclarecimento, o governo toma medidas de preparar seus hospitais para receber os pacientes que eles ainda não tem. Chamo a atenção que na cidade que foi o foco da epidemia na China era onde estão as fábricas de automóveis franceses, logo o grau de comunicação entre os sistemas de saúde francês e chinês era o máximo possível.
    Enquanto aqui no Brasil discutimos Bolsonaro, o máximo em termos de ignorância e de incapacidade que o mundo moderno produziu, nada se faz. Os dois primeiros suspeitos de COVID-19 na grande Porto Alegre foram colocados em leitos de duas UPAs, ou seja, para felicidade geral de todos, era falso, mas se isto se repetir e não for falso, a única coisa que será garantida é que todos os demais que vão até a UPA vão ficar infectados, pois pelo que eu saiba UPA não tem quartos de isolamento para doenças que se propagam via aérea.
    Não se preocupem tanto com as palavras de Bolsonaro e do General Heleno, pois talvez o vírus faça o que o resto do país não conseguiu fazer, calar a boca em definitivo dos dois, pois estão no grupo de risco.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome