Governo Bolsonaro usa verba no combate à pandemia por apoio no Congresso

Dos R$ 13,8 bilhões de recursos no combate a Covid-19 liberados na quinta-feira, apoiadores de Bolsonaro tiveram direito a cotas de R$ 10 milhões

Foto: Reuters/Adriano Machado

Jornal GGN – Não é novidade a modalidade política de oferecer cargos em troca de apoio. No entanto, em meio à crise sanitária, o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) tem usado as verbas de combate ao novo coronavírus destinada a estados e municípios nas suas negociações com o Congresso. 

O governo passou a permitir que congressistas aliados ‘apadrinhem’ tais recursos, sem emendas parlamentares. Na quinta-feira, 2 de julho, foi oficializado o novo repasse de R$ 13,8 bilhões no combate a Covid-19. Do montante, deputados e senadores alinhados a Bolsonaro tiveram direito a cotas de R$ 10 milhões cada um. As informações são de O Globo. 

Em troca, prefeitos e congressistas usam suas redes sociais para dizer que são responsáveis pela locação dos recursos. Mas, o Ministério da Saúde afirmou que a divisão das verbas aos municípios seguiu escolhas técnicas.

Entretanto, como tais valores não tiveram origem de emendas parlamentares regulares – que aponta o total de verbas destinada para cada político – a liberação gerou uma corrida entre os municípios para ver quem carimbava a verba primeiro.  

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ministério não compra insumos, e Brasil tem mais testes armazenados do que feitos até agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome