Heleno tem “vergonha” de ganhar R$ 19 mil “líquido” sendo general

General e membro do governo Bolsonaro diz que só não se preocupava com o custo da comida em restaurantes quando era diretor do Comitê Olímpico do Brasil, com salário final de R$ 50 mil

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional Augusto Heleno afirmou aos deputados, nesta quarta (10), que tem “vergonha” de receber R$ 19 mil “líquidos” sendo um general do Exército. Ele ainda acrescentou que só não teve preocupação com o valor de uma refeição no restaurante enquanto era diretor do Comitê Olímpico do Brasil, com salário final de R$ 50 mil.

A fala ocorreu na Comissão de Relações Exteriores, que convidou Heleno para falar do militar da FAB que participou de viagem oficial de Jair Bolsonaro a Tóquio, sendo preso na Espanha com quase 40 kg de cocaína numa mala de mão.

Na audiência, perguntaram a Heleno quanto ele recebia enquanto diretor do COB. “Comecei ganhando cerca de R$ 30 mil”, disse, acrescentando que, ao longo do tempo, o valor foi aumentando até chegar em “51 mil, 50 e poucos mil reais”.

“Eu nunca pedi aumento no COB, eu recebia o que o COB me pagava, é uma entidade privada”, afirmou. “[No COB] foi a única vez que eu ia no restaurante e olhava o cardápio pelo lado esquerdo. Porque eu sempre olhei no restaurante, eu e meus filhos, o cardápio pelo lado direito”, relatou Heleno.

Foi quando ele reclamou do salário no Exército.

“Mostrar pro meu filho que eu sou general do Exército e ganho, líquido, 19 mil reais, eu tenho vergonha.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Loading comments...