IDEC pede inquérito sobre vazamento de dados de aposentados

Por Antonio Neves
comentário no post Clipping do dia

IDEC pediu abertura de inquérito à Procuradoria Geral da República para investigar vazamentos de informações de aposentados e pensionistas do INSS para instituições financeiras que oferecem empréstimos consignados (com as parcelas descontadas do benefício).

O pedido de inquérito civil público, apresentado pelo Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), também sugere a revisão das regras de crédito consignado e regulamentação sobre a segurança e compartilhamento de dados dos beneficiários do INSS.
Leia mais, em
https://br.yahoo.com/noticias/procuradoria-avalia-investigar-vazamento-dados-232700166.html

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Procuradoria-Geral da República informou nesta quinta-feira (5) que analisa um pedido de investigação sobre vazamentos de informações de aposentados e pensionistas do INSS para instituições financeiras que oferecem empréstimos consignados (com as parcelas descontadas do benefício).

O pedido de inquérito civil público, apresentado pelo Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), também sugere a revisão das regras de crédito consignado e regulamentação sobre a segurança e compartilhamento de dados dos beneficiários do INSS.

Em abril, o presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, disse ao Agora que há “inegável fuga de informações” e o “aproveitamento indevido” de dados de segurados por empresas do ramo de crédito.

Na ocasião, Vieira revelou que o INSS havia iniciado um pente-fino nas concessões de empréstimos a recém-aposentados para combater o vazamento de dados de segurados para bancos e outras instituições financeiras.

Procurado ontem pela reportagem, o INSS não comentou o pedido de investigação sobre o vazamento de dados de beneficiários.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome