Revista GGN

Assine

Invasão da UFMG foi retaliação a evento da morte do reitor da UFSC, por Luis Nassif

A cerimônia fúnebre e de protesto pela morte do reitor Luiz Carlos Cancelier, da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) tinha uma foto emblemática com um cartaz afixado: “Uma dor assim pungente não há de ser inutilmente”.

Hoje, a operação de invasão da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) teve o nome significativo de “A Esperança Equilibrista”, que vem a ser a continuação da música símbolo da resistência à ditadura militar. E também do livro do professor Juarez Guimarães, da própria UFMG, sobre o governo Lula.

O Memorial da Anistia é uma obra complicada. Teve início em 2007, quando a Comissão de Anistia do Ministério da Justiça sugeriu um lugar para depositar os documentos da repressão, a exemplo do que foi feito em diversos países que saíram do período ditatorial.

Decidiu-se pelo Coleginho, em Belo Horizonte. Depois, se constatou que seu telhado não comportaria peso em cima. Decidiu-se, então, construir um prédio ao lado, que está praticamente pronto, faltando apenas o acabamento.

Após o impeachment, o novo Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, praticamente extinguiu a Comissão de Anistia. Substituiu 18 dos membros originais, indicou para presidi-la o ex-deputado Almino Afonso, que logo depois pediu demissão por não ter nenhum acolhimento do lado do Ministério.

Ficou um jogo de empurra, com a Justiça achando que a Comissão deveria se subordinar ao Ministério dos Direitos Humanos. Com isso, o Memorial foi ficando para segundo plano, sem verbas para terminar.

Ao mesmo tempo, na Comissão de Anistia instaurou-se uma caça às bruxas, com um pente fino em todos os atos do ex-Secretário de Direitos Humanos Paulo Abrahão. Veio da Comissão de Anistia as denúncias que foram bater na Polícia Federal.

Segundo a denúncia, os desvios seriam da ordem de R$ 4 milhões e teriam ocorrido no fundo universitário da UFMG.

O diretor geral da PF, Fernando Segóvia, me disse há pouco que foi informado da operação pela superintendência da PF de Belo Horizonte. As explicações seriam dadas na coletiva do superintendente em Belo Horizonte.

Assim, ele não saberia dizer se as 8 conduções foram necessárias ou não, já que não cabe ao delegado geral intervir nas operações na ponta.

Mas garantiu que analisará a operação e, constatados abusos, assim como ocorreu no caso UFSC, será aberta uma sindicância para apurar o ocorrido.

Com a operação, além de retaliar a comunidade acadêmica, a PF e o Ministério da Justiça conseguirão comprometer uma obra importante, o Memorial da Anistia. Mas certamente escreverão um episódio relevante quando voltar a democracia e outros memoriais forem planejados, para se referir à ditadura  disfarçada atual.

Média: 4.9 (20 votos)
31 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Haja pé...

Mais um tiro no pé!

Atiraram no que viram e acertaram no que não viram...

Todos funcionários públicos que ordenam despesas, vão ficar com pé atras...

Se alguém reclamava de lentidão no serviço público, pre-pa-ra!

Universidades, tudo no serviço público e até politicas de preço de combustível!

Quem estará seguro em colocar sua assinatura e lá na frente o TCU, MP ou PF descobrir que houve fraude?

Quem colocaria sua mão no fogo por alguém deste governo e em suas imediações?

E ser julgado por este judiciário?

Tem que gostar de viver perigosamente...

E o inverso também é verdadeiro!

E se a canoa virar?

Para onde vão estes paladinos?

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Nascemos sem trazer nada, morreremos sem nada levar...

E neste intervalo entre nascer e morrer, lutamos pelo que não trouxemos e mais ainda pelo que não levaremos...

 

Pelo que entendi o diretor

Pelo que entendi o diretor Segóvia considerou a operação na UFSC abusiva. É isso Nassif?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Juliano Santos

"Assim, ele não saberia dizer

"Assim, ele não saberia dizer se as 8 conduções foram necessárias ou não, já que não cabe ao delegado geral intervir nas operações na ponta."

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa é sempre ilegal!!!!

Não há o que se discutir. Não existe justificativa! Perguntar se eram necessárias, é legitimar essa figura do Estado de Exceção! 

 

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa não tem previsão no ordemento jurídico e ponto!

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa não tem previsão no ordemento jurídico e ponto!

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa não tem previsão no ordemento jurídico e ponto!

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa não tem previsão no ordemento jurídico e ponto!

Condução coercitiva sem prévia intimação e consequente recusa não tem previsão no ordemento jurídico e ponto!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A decisão da juíza substituta da 9ª Vara Federal

Publicada na Estadão, blog de Fausto Macedo, esta decisão da Juíza Raquel Vasconcelos Alves de Lima, juíza da 9ª Vara Federal:

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/leia-a-decisao-que-poe-sob-suspeita-o-reitor-e-a-vice-da-ufmg/

http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/wp-content/uploads/sites/41/2017/12/decisaoufmg.pdf

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Isso era tudo previsível há

Isso era tudo previsível há um ano. Mas as coisas tendem a piorar.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1391158437574647&id=100000415136357

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Jurgen2010
Jurgen2010

A agenda da embaixada eeuu

A agenda da embaixada eeuu sendo cumprida à risca.
A pf e as fa não possuem inteligência suficiente para isto.
Só força bruta mesmo.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de C.Poivre
C.Poivre

Covardia institucionalizada

Realmente não é só a covardia de todo o sistema judicial oprimindo os mais fracos, é também a de professores e alunos das universidades que não reagem à ditadura ora instalada no país. À época da ditadura militar os professores e alunos se comportaram com muito mais dignidade e coragem.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Aristoteles Coelho
Aristoteles Coelho

A próxima operação pode se

A próxima operação pode se chamar "Brasil descendo a ladeira" e investigar os abusos dessas otoridades.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Ditadura

É possível que tenham tomado carona no evento em homenagem ao reitor da UFSC assassinado pelas forças de Estado brasileiro, mas o mais provável é que o crime hediondo que a PF cometeu hoje, sob o silêncio conveniente e covarde dos ministros do STF, tenha a ver com o lançamento do relatório final da Comissão da Verdade, previsto para a semana que vem.

O relatório contém milhares de informações sobre os crimes hediondos cometidos por militares fascistas que acenderam ao poder na ditadura militar e que nunca responderam pelas consequências de seus atos perante a sociedade brasileira.

Tal como no passado, por horror à luz, os atuais setores fascistas, retrógrados e ditatoriais do Poder Judiciário violentam os espaços, as mulheres e os homens que pensam e fazem a educação brasileira.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Você que inventou esse estado
E inventou de inventar toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar o perdão

Base Nacional comum curricular em foco

Pior do que isso, caro mcn, o fato acontece nos dias em que está sendo votada a base nacional comum curricular, completamente desfigurada em relação ao que previa o Plano Nacional de Educação criado pela Lei nº 13.005/2014.
Isso indica que os golpistas trabalham com um timing cuidadosamente planejado no que diz respeito a essas ações
midiáticas espetaculares, fazendo cortina de fumaça sobre outros assuntos igualmente importantes.
A quem interessar, vejam o que diz o ex ministro da Educação Renato Janine Ribeiro sobre a BNCC em entrevista  concedida há dois dias atrás.
http://www.ihu.unisinos.br/159-noticias/entrevistas/573943-base-nacional...

E ainda outros importantes links atual[issimos relacionados ao tema e aos ataques à universidade pública


https://www.unicamp.br/unicamp/ju/noticias/2017/12/04/base-curricular-e-...


https://www.unicamp.br/unicamp/ju/noticias/2017/11/27/o-banco-mundial-co...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de domcabeza
domcabeza

Mas dos 19 milhões ja gastos

Mas dos 19 milhões ja gastos na obra lá só tem uma carcaça. E aí?

Seu voto: Nenhum (11 votos)

Cabeza?

Se o senhor usasse a "cabeza" e lesse o texto, saberia onde está a reclamação...

Seu voto: Nenhum (6 votos)

"[...]Devia era, logo de manhã, passar um sonho pelo rosto. É isso que impede o tempo e atrasa a ruga.[...]" - Mia Couto

imagem de Roxane
Roxane

Maravilhosa a frase, também

Maravilhosa a frase, também gosdto muito do Mia Couto.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Roxane
Roxane

Maravilhosa a frase, também

Maravilhosa a frase, também gosdto muito do Mia Couto.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Carlos Alberto Freitas Lima
Carlos Alberto Freitas Lima

O DEDO DO AÉCIO E DA POLICIA FEDERAL AÉCISTA, A PF DAS REDES.

Não há mais dúvida, o estado policial se instalou a louros dos homens das malas. Vergonha. O ministro da justiça enlouqueceu.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Pereira Pinto
Pereira Pinto

  Por que esperaram as férias

 

Por que esperaram as férias para atacar a UFMG ???

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Para não ser a farinata da PF

Esse ataque tem potencial para mobilizar os professores, estudantes e funcionários das universidades brasileiras. Ou não?

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Cristiane N. Vieira
Cristiane N. Vieira

Overdose de donuts e síndrome de abstinência de JN

E outro trecho da música é também simbólico e possivelmente um recado prepotente de quem pretende se ver na sala de cinema ou serviço de streming em uma série policial canhestra - mas esquece que em muitas delas o bandido veste farda.

"Azar, a esperança equilibrista sabe que o show de todo artista tem que continuar".

Nesse caso, uma Polícia Federal que mimetiza programas de tv e filmes de hollywood deve se achar artista e que seu trabalho de espetacularização da desmoralização de instituições públicas deve continuar, como demonstração de poder e  ameaça ritualizadas.  

 

"Azar, a arrogância dos golpistas teme que o povo vire protagonista e decida com voto transformar" 

ou ainda

"Azar, a ânsia da PF belicista sabe que sem show na tv todo dia / seu poder tende a se esvaziar"

 

 

 

SP, 06/12/2017 - 16:35

 

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Serjão
Serjão

Nassif, pô, ajuda aeh

Não participa, direta ou indiretamente, de governo canalha quem não é do mesmo ramo, ora!

Gambá cheira gambá e se farta do mesmo farelo!

Os professores ficaram calados durante o golpe, não todos, só a maioria, e muitos apoiaram dentro das salas de aula.

E agora vai faltar latinha e papelão nas sobras das noites escuras:

Estácio confirma demissão de 1,2 mil professores em todo o país

Um mês após entrar em vigor, as novas regras trabalhistas atingem o segundo maior grupo de ensino superior do país

A Estácio de Sá confirmou a demissão de 1,2 mil professores do seu quadro de 10 mil docentes neste mês.

http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2017/12/06/internas_economia,645905/estacio-confirma-demissao-de-1-2-mil-professores-em-todo-o-pais.shtml

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de andrei barros correia
andrei barros correia

Meganhas tarados...

Meganhas tarados...

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Eu penso que não cabe mais

Eu penso que não cabe mais tergiversações.

Esses órgãos todos, MPF, TCU, CGU e PF deveriam ser imediatamente extintos e ponto final.

A perda para o País, se houver, será muito menor que a atual perda, com estes órgãoes ativos e atuantes.

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

APÓS O SEGUNDO ATAQUE DO

APÓS O SEGUNDO ATAQUE DO FASCISMO A UMA UNIVERSIDADE OS ACADÊMICOS DE MERDA PERCEBERÃO A NECESSIDADE DA LUTA?

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Marcelle
Marcelle

Trabalho numa auniversidade e

Trabalho numa auniversidade e infelizmente os jovens de hoje estão interessados somente em formatura. Se a universidade entra em greve eles ficam putos não com a falta de atenção governamental, mas sim com o atraso do diploma. Uma falta de politização jamais vista.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Gilberto Marcondes
Gilberto Marcondes

Sinto dizer, mas acompanhei a

Sinto dizer, mas acompanhei a vida acadêmica durante esses últimos 10 anos e só posso dizer que essa falta de politização é resultado de uma geração de professores que se importam mais com o bolso do que com seus alunos (vale lembrar que a maioria dos estudantes de federais são filhos de burgueses). Esse é o preço que a universidade deve pagar por ter se isolado da sociedade.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de GalileoGalilei
GalileoGalilei

É retaliação, sim!

O MarFig já demonstrou em outro post que esta ação não é nada além do que retaliação, vingancinha, intimidação. 

O nome da operação só mostra a prepotência de quem se acha acima da lei.

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Já comentei aqui no blog, mas não chamou a atenção devida .

A ABIN do general Ariel Himler Sharon se aperfeiçoa par aumentar a repressão aos opositores .

Leiam o Decreto 9209/2017, assinado pelo golpista no finalzinho de nobembro 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Se já mataram um, porquê não

Se já mataram um, porquê não matar mais outro e outros. Ainda fazem o que querem, pois a justiça que se tem é para isto: caçar os inimigos e os inimigos dos amigos.

Curioso é esta preferência recorrente dos bate-paus, pau-mandados, pelas universidades onde, em tese, elabora-se livremente o pensamento.

Coisa de tucanos e outras aves de rapina, que é avançar sobre os ovos alheios em gestação para que no futuro reinem soberanos.

 

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de GalileoGalilei
GalileoGalilei

O que esperar?

"Mas garantiu que analisará a operação e, constatados abusos, assim como ocorreu no caso UFSC, será aberta uma sindicância para apurar o ocorrido."

Como ocorreu no caso da UFSC ? O que?

Um novo "suicídio"?

O MarFig já mostrou, no primeiro post da série, que há um componente de vingança, retaliação, intimidação:

https://www.pucminas.br/sala-imprensa/noticias/Paginas/Carta-Dom-Mol.aspx

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Canalhas. Brucutus a serviço

Canalhas. Brucutus a serviço de qualquer ditador de plantão. Essa é a Polícia Federal republicana inventada pelo Lula e seu ministro da justiça Márcio Thomas Bastos. Gastaram milhões com concursos e equipamentos para preparar e armar os inimigos da democracia e do povo.

Seu voto: Nenhum (22 votos)

Canalhas. Brucutus a serviço

Canalhas. Brucutus a serviço de qualquer ditador de plantão. Essa é a Polícia Federal republicana inventada pelo Lula e seu ministro da justiça Márcio Thomas Bastos. Gastaram milhões com concursos e equipamentos para preparar e armar os inimigos da democracia e do povo.

Seu voto: Nenhum (15 votos)
imagem de Claudio Melo
Claudio Melo

Promoção

"Mas garantiu que analisará a operação e, constatados abusos, assim como ocorreu no caso UFSC, será aberta uma sindicância para apurar o ocorrido.", e, assim que puder, promover o autor da façanha.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.