Investigação de Flávio Bolsonaro foi “brecada”, disse Bebianno

Em entrevista de 2019, ex-ministro falecido em março afirmou que filho do presidente já era investigado durante a campanha

O ex-ministro Gustavo Bebianno, falecido em março devido a um infarto. Foto: Reprodução/Wikipedia

Jornal GGN – Antes mesmo de o empresário Paulo Marinho conceder entrevista à jornalista Mônica Bergamo, o ex-ministro Gustavo Bebianno afirmou em dezembro de 2018 que Flávio Bolsonaro já era investigado durante a campanha eleitoral.

“Flávio era investigado já durante a campanha. A investigação foi brecada para não atrapalhar a campanha”, disse Bebianno, em entrevista divulgada em 20 de dezembro de 2019, segundo informações do portal UOL. Contudo, o ex-ministro não deu mais detalhes a respeito. Bebianno faleceu de infarto em março.

Embora o ex-ministro não tenha dado detalhes, a entrevista de Paulo Marinho deu mais detalhes sobre como isso teria acontecido: um delegado da Polícia Federal, e simpatizante da candidatura de Jair Bolsonaro, avisou Flávio sobre a investigação.

Além disso, os policiais teriam atrasado o andamento das investigações para que Bolsonaro não sofresse prejuízos eleitorais. Na ocasião, o filho do presidente – que foi eleito senador – era investigado pelo esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

 

Leia Também
Ao contrário da Lava Jato, MP-RJ segurou dados contra os Bolsonaro até passar a eleição
Flávio Bolsonaro sabia de operação da PF contra Queiroz, diz empresário
Dossiê reúne tragédias dos 500 dias com Bolsonaro, por Gabriel Pedroza e Ergon Cugler
GGN prepara dossiê sobre trajetória de Sergio Moro. Saiba como apoiar

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro fará videoconferência com Alberto Fernández nesta segunda-feira

1 comentário

  1. Juizes, Promotores Públicos, Policiais Da PF, TRFs, MPF, TJs Não Param De Denegrir suas próprias imagens e parece que sempre estão escolhendo o Lado Errado Da História para fraudar, caluniar, processar e encarceirar aqueles que estão e sempre estiveram ao lodo do Povo, se não vejamos : Moro prevaricou, descumpriu a constituição várias vezes, prendeu sem provas, forjou delações,cometeu crimes de vasamento, ganhou um Ministério, sua Conge ganhou um empregão e sempre o Moro foi apoiado pelo TRF4, Dalagnol e aceclas , pelo MPF, recebeu respaldos no TJ e no TSE, foi imensamente ajudado por setores da PF, Pela Imprensa Golpista e Conservadora, dois Ministros do STF são cumplices das falacatruas Moristas e agora o Brasil e o Mundo Descobrem Muito Tarde que o Moro Não Passa De Um Covarde, mentiroso e porque não Criminoso e ainda Banca De Vítima

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome