Jilmar Tatto, Gleisi e Haddad declaram apoio a Boulos

"Os últimos anos foram terríveis, de golpe, de criminalização do Partido dos Trabalhadores e das nossas lideranças. Mesmo assim seguimos mais vivos que nunca, no coração e na memória do povo", escreveu Jilmar

Jornal GGN – Após o Tribunal Superior Eleitoral apontar a ida de Guilherme Boulos (PSOL) ao segundo turno da eleição em São Paulo contra Bruno Covas (PSDB), o candidato derrotado do PT, Jilmar Tatto, anunciou no Twitter que entrou em contado com o psolista para garantir apoio até a próxima batalha nas urnas.

“Acabei de ligar para Guilherme Boulos, a quem tenho como um irmão mais novo. Desejei sorte e disse que ele pode contar comigo e com a nossa valente militância para virar o jogo em São Paulo”, escreveu Tatto.

O petista, que acabou o primeiro turno em sexto lugar, com 8,65% dos votos válidos, agradeceu a militância e exaltou o partido. “Os últimos anos foram terríveis, de golpe, de criminalização do Partido dos Trabalhadores e das nossas lideranças. Mesmo assim seguimos mais vivos que nunca, no coração e na memória do povo.”

Boulos respondeu: “Obrigado pelo gesto, Jilmar Tatto. Parabéns pela campanha, sempre deixando claro quem são nossos reais adversários. Vamos juntos agora virar o jogo em São Paulo!”

O ex-prefeito Fernando Haddad também declarou apoio a Boulos. “Progressistas, ninguém arreda o pé de São Paulo até a vitória de Guilherme Boulos e a derrota dos tucanos. Vamos à luta.”

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, também acenou à aliança logo após o resultado do primeiro turno. “Obrigada Jilmar Tatto e militância aguerrida do PT de S. Paulo. Defenderam o partido e nosso legado com coragem e dignidade. Engrandeceram o campo popular e de esquerda na capital, que irá mais forte e unido para o segundo turno, para eleger Boulos e Erundina.”

É esperado que o ex-presidente Lula se pronuncie nesta segunda (16).

Boulos obteve 20,24% dos votos, ante 32,85% de Covas. Tatto ficou atrás ainda de Marcio França (13%), Celso Russomanno (10%) e Arthur do Val (9%).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Parabéns, Boulos e Erundina. Mas não quero que vocês sejam eleitos. Dá só um susto nos parasitas sociais. Nós vamos tomar o poder através da violência revolucionária, não através de cédulas. Vocês sabem o que aconteceu com Salvador Allende, né?

  2. Ouvi muito esse discurso desde as primeiras ameaças de golpe contra Dilma, e o que vi depois foi um anestesiamento boçal, uma subestimação total da direita golpista e medo total de confrontá-la, e a direita, se quisesse, poderia derrubar também todos os governadores do PT de sobremesa, nada os impediria nas ruas. Brasil é país de povo frouxos. Foi, é e sempre será assim. Se é assim, precisa de talento político, ficar com discursos anacrônicos de sindicatos entre quatro paredes e afinar diante do adversário pega mal.

    • Quem está afinando aqui diante do adversário?

      What would you think if I sang out of tune?
      Would you stand up and walk out on me?
      Lend me your ears and I’ll sing you a song
      And I’ll try not to sing out of key

      Oh, I get by with a little help from my friends
      Mm, I get high with a little help from my friends
      Mm, gonna try with a little help from my friends

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome