Kátia Abreu se filia ao partido Progressistas

Senadora estava sem sigla desde o ano passado, quando deixou o PDT

Foto: Reprodução/Redes sociais

Jornal GGN – A senadora Kátia Abreu assinou na noite de terça-feira, 10 de março, sua filiação ao partido Progressistas, antiga sigla PP. Após ser expulsa do PMDB por não apoiar o impeachment de Dilma em 2016. A parlamentar fez parte do PDT até o ano passado, quando se posicionou à favor da Reforma da Previdência de Bolsonaro.

Nas redes sociais, o partido comemorou a filiação da senadora. “Kátia vem somar a todos os progressistas. As suas bandeiras são muito bem aceitas aqui, principalmente no que diz respeito ao agronegócio”, anunciou a legenda nas redes sociais.

Kátia abreu foi ministra da Agricultura do governo da presidenta Dilma Rousseff. Filiada do PDT, foi candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes em 2018.

O senador e presidente do Progressistas, Ciro Nogueira (PI), também comentou nas redes a filiação da colega. “Trazer a senadora Kátia Abreu era um plano de longa data que tínhamos, justamente por identificar o quanto suas bandeiras correspondem às nossas. Tenho certeza de que, juntos, poderemos fazer muito mais pelo desenvolvimento econômico e pelo combate à pobreza no nosso país”. 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. O que leva uma pessoa a filiar a um partido como longo histórico de corrupção, cujo seu maior líder Maluf, foi até presenteado com um verbo em sua homenagem, o famoso “malufar; e que até no ranking da lava-jato ocupa a primeira posição ao lado do PMDB?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome