Lava Jato fez Petrobras perder valor 4 vezes maior do que o “recuperado” até agora

Somente para indenizar os acionistas estrangeiros, a Petrobras teve de desembolsar sozinha quase 3 bilhões de dólares

Jornal GGN – O jornal O Globo destaca nesta segunda (9) que a Lava Jato “recuperou” para a Petrobras, nos últimos cinco anos, cerca de R$ 4 bilhões com acordos de leniência, delação premiada, renúncias voluntárias e ajustamento de conduta. No Twitter, o procurador de Curitiba Roberson Pozzobom comemorou e disse que “os trabalhos continuam”. O que o jornal dos Marinho não informa é que, também por causa da Lava Jato, só nos Estados Unidos, a Petrobras perdeu um total de 3,8 bilhões de dólares.

No câmbio atual, o montante equivale a R$ 17,8 bilhões. Mais de quatro vezes, portanto, o valor que foi recuperado até agora.

Com base em delação premiada de ex-diretores da Petrobras, a estatal foi alvo de uma ação coletiva nos Estados Unidos, e teve de desembolsar, a título de reparação aos acionistas estrangeiros, exatamente 2,95 bilhões de dólares. O acordo foi feito em janeiro de 2018.

Em setembro daquele mesmo ano, a Petrobras teve de assinar também um acordo com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a Comissão de Valores Mobiliários, reconhecendo que violou regras do mercado financeiro naquele País. O resultado foi mais um multa, de 853 milhões de dólares. O governo norte-americano ficou com 20% do valor. O restante (R$ 2,5 bilhões, no câmbio da época) retornou ao Brasil e quase foi usado pelos procuradores de Curitiba para criar uma fundação para promover a Lava Jato.

O GGN produziu uma série documental em 5 capítulos, que expõe as ligações entre a Lava Jato e os Estados Unidos. No episódio quatro, as ações que a Petrobras enfrentou no exterior são detalhadas.

Confira abaixo:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

9 comentários

  1. Vamos ver se eu entendi. Então a roubalheira na Petrobrás tinha que ser escondida, porque assim daria menos prejuízo, já que não teríamos que pagar indenizações, certo?

    É preciso compreender que o real prejuízo da corrupção não vem do que é desviado do caixa, mas sim da má administração inerente à gestão corrupta, que leva em consideração interesses particulares ou partidários ao invés dos interesses da empresa. Por exemplo, o prejuízo que a Petrobrás teve com a desastrosa aquisição da refinaria de Pasadena certamente que superou em muito a propina que os diretores levaram para aprovar a compra.

    • Com fatos não há argumentos.

      Uma coisa é gestão, ela pode ser boa, como pode ser ruim. Os investimentos para a descoberta do Pré-sal foi uma coisa boa ou uma coisa ruim? Se a Petrobras não tivesse descoberta o Pre-sal, quantos bilhões seriam jogados fora? Existe o negócio de risco e é assim que se avança.

      O que estamos dizendo que é a Lava jato é um projeto de destruição, ela entrega menos melhoria do que estragos. Por isso a Lava Jato precisa acabar, e seus agentes precisa sentar no banco dos réus.

  2. Isso tudo de perdas só na Petrobras. Sem contar as outras empresas, principalmente do setor de construção pesada. Sem contar os empregos perdidos.
    Tudo somados já passam de 300 bilhões de perdas. fora a gatunagem dos operadores da força tarefa. Por falar nisso, como ficou a história de 7 bilhões da Odebrecht que estava sendo direcionada para um “fundo” da lava jato?

    • Lembrando que essa conta ai de cima não leva em conta a perda do valor de mercado, já que a mídia e judiciário brasileiro ficaram meses detonando a Petrobras como empresa corrupta. Sendo que a empresa era vítima dos corruptos, inclusive do próprio pessoal da Lava Jato que tava levando 2 bilhões. O STF impediu isso até onde eu sei.

  3. Concordo, mas tenho algumas duvidas……explico:
    1-A ação coletiva e o pagamento são fatos documentados e inquestionáveis.
    2-o acordo com o DOJ e o pagamento da soma acordada são fatos documentados e inquestionáveis.
    3-A destruição das empreiteiras nacionais e consequente aniquilamento de milhões de empregos diretos e indiretos e centenas ou talvez milhares de obras paradas e apodrecendo…e.que segundo o ex juiz e atual ministro Moro e a turma da Lava-jato.,não tem problema, basta por outra(gringa provavelmente…) no lugar, fatos documentados e inquestionáveis.
    4-As fortunas gastas com escritórios americanos, pela Petrobras, com compliance. fatos documentados e inquestionáveis.
    5-O dano à imagem da empresa Brasileira e por tabela ao pais, um prejuízo incalculável
    Por outro lado os tais “cerca de R$ 4 bilhões”, alguém viu alguma planilha? algum documento oficial detalhado?Detalhando por exemplo:
    1-Quanto foi efetivamente recuperado, da parte de quem e quando exatamente….
    2-Quanto desse valor é dinheiro desviado da Petrobras e quanto disso é multa(dinheiro não desviado), quanto dessa quantia esta em caixa ou se tem parte que é “promessa de pagamento”, no caso de multa, vai para a Petrobras?Se não, vai para onde/quem?
    Acho que, simplesmente não da para comparar fatos documentados e inquestionáveis com diz-que-me-disse de procurador de Lava-jato…….Ainda mais que todos conhecemos o baixo apreço que tinha e tem a tal operação com pequenos detalhes como provas, fatos e verdades….
    PS:E os delatores que “disseram o que eles queriam ouvir”, estão em casa tranquilos e ricos…..e tudo bem……

  4. Caramba…entao pelo tei raciocínio a Petrobras deveria continuar com a corrupção. Os Politicos e grandes empresários deveriam continuar roubando e enchendo o bolso das propinas da Petrobrás.
    A Lava Jato mesmo depois de descobrit esta robalheira toda é culpada pelo desfalque e pela corrupção da Petrobras. Na tua opiniao, o que deveria acontecer? Continuar a corrupção ou continuar com a Lava Jato. Me responde..meu nome esta ai e nao sou robo. Me responde..

    • Alvaro Arenhart, o que a reportagem diz é que a Lava jato deu mais preju a Petrobras do conseguiu recuperar dinheiro desviado, então sim: a Lava Jato precisa acabar, ela é furada.

      Petrobras não pagava propina, pelo contrário, executivos e gerentes da empresa é que recebiam propinas. As propinas geralmente saiam do caixa das fornecedoras.

      Corrupção sempre vai existir, assim como o combate à corrupção também tem que existir.

      Só que no Brasil o “combate à corrupção” tá saindo mais caro do que a corrupção. E isso tá muito errado.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome