Lula não pedirá regime semi-aberto em setembro, aponta defesa

“Essa é a posição dele que temos no momento, que é compatível com todas as provas de inocência que apresentamos e com as recentes revelações feitas pela imprensa sobre o comportamento do juiz e dos procuradores no processo”, diz Zanin

Jornal GGN – A defesa de Lula confirmou à Folha de S. Paulo, segundo edição deste domingo (11), que o ex-presidente não pretende pedir progressão do regime fechado para o semi-aberto, como é de seu direito a partir de setembro, no âmbito da ação penal envolvendo o triplex no Guarujá.

Segundo Zanin, Lula tem completa noção de seus direitos legais, mas insiste que o caminho correto é o da anulação da sentença imposta em primeira instância pelo ex-juiz Sergio Moro, e ratificada pelo TRF-4 e pelo Superior Tribunal de Justiça – que fez reduzir a pena para 8 anos de prisão.

Em caso de anulação, Lula voltaria para casa com seus direitos políticos restituídos. Hoje, ele cumpre pena em regime fechado e está inabilitado pela Justiça para disputar eleições ou ocupar cargos públicos.

“O ex-presidente quer sair da prisão com o reconhecimento de que não praticou qualquer crime e que sua condenação foi imposta em um processo injusto. Ele não está focado em abatimento de pena ou mudança de regime, embora tenha plena ciência de todos os seus direitos”, disse à Folha o advogado Cristiano Zanin.

“Essa é a posição dele que temos no momento, que é compatível com todas as provas de inocência que apresentamos e com as recentes revelações feitas pela imprensa sobre o comportamento do juiz e dos procuradores no processo”, acrescentou o defensor.

No Supremo Tribunal Federal, Lula tem um habeas corpus pendente de julgamento pela segunda turma, que trata da suspeição de Moro. O vazamento de conversas de Telegram que denotam conluio na Lava Jato e ataques a figuras que criticam, há anos, os abusos praticados na operação, criou um clima desfavorável ao ex-juiz.

Além disso, segundo a Folha, o STF pode retomar na primeira quinzena de setembro a discussão sobre a prisão a partir de condenação em segunda instância. Hoje há maioria virtual para derrubar esse entendimento.

7 comentários

  1. Direitos políticos restituídos não, logo após a prisão é necessário ficar 8 anos sem concorrer para cada condenação em segunda estância Lula não sairá da prisao pq aguarda outras 2 condenacoes de outros juízes

    1
    10
    • Bem, se o Lula for condenado “em segunda estância”, será melhor que fique lá mesmo, descansando, após condenação e prisão injusta.
      Afinal, embora o Rodney desconheça, estância é local aprazível onde muitos passam férias.

  2. Nassif: esse é a posição exata de quem se diz inocente. Desde que seu Blog noticiou essa possibilidade (e faz tempo) me posicionei contrário. Equivaleria a “anistia” dada aos VerdeSauvas, para se safarem da Ditamole e figurarem de mocinhos. E adoraria, na saida do SapoBarbudo, a cela fosse ocupada pelo TogaSuja, com os GogoboysAvivados paredemeia. E um obelisco especial, onde os cães pudessem urinar à vontade, em homenagem aos da PraiaVermelha e da Querência de CruzAlta, articuladores e produtores da desgraça dessa Nação (desde 1889). E não podemos esquecer de alguns partícipes a Corte de Suplicação dos Pampas. Nos sabujos do PríncipeParisiense e aqueles asseclas que conhecemos (já que os crimes do chefão estão prescritos) — dura lex sed lex.

    Vai levar muito tempo para restabelecer o que essa corja fez. O estrago foi colossal, especialmente com a introdução da Milícias nas casernas. E só espero que aquela de LulinhaPazAmor fique no passado. Sem essa de “composição”. Cabelo e barba, na limpeza, dentro e fora das fronteiras de Pindorama. Pau que deu em Chico haverá de ser a medida correta pra Francisco…

    Lembrando Drummond, “a… mão está suja. Não adianta lavar, a água está podre… o sabão é ruim”. Sugiro cortá-la…

    6
    1
  3. De pleno acordo, Jcordeiro, se um dia voltar ao poder, Lula precisará comandar o troco aos cafajestes…mas na mesma medida que estão pagando agora, no pau, se possível na forca…..E não tem mesmo que aceitar esmola judiciária, pois deve ser inocentado ou cancelados os processos em que os cafajestes Moro, Dalagnol, mais cafajestes do TRF participaram…..todos com parcialidade vergonhosa. Aliás, se estabelecerem pena de morte para os cafajestes, já sou candidato no concurso para carrasco…até no nome.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome