Maia sugere juntar “Doria, Huck, Ciro, PSB” e “até o PT” no centro para 2022

"Eu poderia coordenar essa articulação. O grande desafio desse campo de centro é o denominador da agenda econômica", diz

Jornal GGN – O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse em entrevista veiculada pelo Estadão neste sábado (12) que tem interesse em ser ministro de um governo que ele ajude a construir em 2022. Para isso, ele aposta numa ampla aliança ao centro, que reuniria PSDB, PDT, PSB e “até o PT”, se o partido de Lula assim quiser.

“Temos que juntar o Doria, o Huck, o Ciro Gomes, o PSB do Paulo Câmara, do Renato Casagrande. Todos os partidos que queiram estar aqui nesse campo de centro. Até o PT”, disse Maia.

“Eu poderia coordenar essa articulação. O grande desafio desse campo de centro é o denominador da agenda econômica. Se a gente conseguir construir um denominador, a gente consegue fazer uma candidatura de centro que eu acho que vai mudar o Brasil”, declarou o deputado.

Maia ainda defendeu que o centro “não é um ponto entre a direita e esquerda. É um ambiente diferente, onde você tenta trazer pra política uma nova composição, uma nova realidade, onde segmentos que conversam pouco tenham a capacidade de construir em conjunto esse país que a gente espera.”

A declaração de Maia, puxando o PT para as articulações de centro com vistas a 2022, é uma mudança em relação ao discurso de fevereiro de 2020. Naquele mês, ele imaginou uma aliança de centro para evitar que o segundo turno da próxima eleição presidencial se dê entre Jair Bolsonaro e o candidato do PT.

“Se ninguém tiver capacidade de unificar o centro, significa que o centro estará fora do segundo turno. Isso serve pro Doria, pro Luciano Huck, pro Ciro Gomes, serve para todos que estão nesse campo aqui de centro-esquerda até centro-direita, no meu ponto de vista. Se não unificar isso aqui, vai dar certamente Bolsonaro de um lado e o candidato do Lula do outro”, disse à época.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

  1. Acho que está batendo o desespero em Maia. Com o corte nas pretençōes ambiciosas da reeleição somadas a doença terminal da Lava Jato (com o supremo de Fux e tudo), a mão da justiça ficará mais próxima de Maia, ao final de seu mandato. Penso que ele quer articular mais para se tornar um ministro, com foro privilegiado, do que conseguir a missão impossível de unir a vaidade, o egoísmo as ambições pessoais e a incontrolável ganância de poder que essa turma citada tanto venera e busca.

    • Maia, Doria, Huck, Ciro, PSB e até o PT… Ou seja, toda Elite deste Estado Ditatorial Causilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista, que fingem adversários sendo parceiros, contra este “Maluco” que quer acabar com esta mamata que já dura 90 anos. “…Assim não pode, assim não dá…” É isto aí FHC!!! E deixar este “Capitãozinho” acabar com o futuro de Nosso Filhos, Netos e Bisnetos que estão indo tão bem aprendendo Socialismo na Universidade de Harvard?!!!! O que este Capitão vai inventar a mais? Que trabalhemos?! MEU DEUS !!!!!!!

  2. Não conseguiu coordenar os 11 stf considerados favas contadas e quer administrar o balaio de gatos dos: Doria, Huck, Ciro Gomes, PSB do Paulo Câmara, do Renato Casagrande?
    Chamem o serviço psiquiátrico!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome