Mais intensa, onda de calor segue até 10 de maio

Alta pressão atmosférica bloqueia a formação de nuvens de chuvas intensas e mantém temperaturas até 5°C acima da média

Crédito: Divulgação/ Climatempo

Inicialmente prevista para durar até 2 de maio, a onda de calor que atinge a região central do país deve se estender até, pelo menos, dia 10. 

De acordo com o Climatempo, as temperaturas tendem a aumentar ainda mais, pois o sistema de alta pressão em médios níveis da atmosfera estão bloqueando o avanço de chuvas e intensificam a circulação do ar. Esta configuração meteorológica impede a formação de nuvens de chuvas intensas e provoca o aumento das temperaturas. 

São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso e Goiás serão os mais atingidos e podem apresentar termômetros até 5° mais quentes. Em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Espírito Santo, a média deve variar entre 3°C e 5°C. 

Termômetros

Em Cuiabá, capital do Mato Grosso, a temperatura atingiu 37,2°C no último sábado (27). Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, marcou 36°C. No domingo, Rio de Janeiro apresentou as temperaturas mais altas do país, tendo em vista que várias regiões superaram os 38°C. 

Esta é a quarta onda de calor que atinge o país em 2024. Mas os meteorologistas imaginavam que as temperaturas seriam mais amenas, uma vez que estamos no outono. 

LEIA TAMBÉM

Camila Bezerra

Jornalista

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador