Mathias Alencastro: Campanha de Biden é a receita certa contra o populismo autoritário

"Democratas confirmam que a única receita que funciona contra o populismo é a união de forças e a disciplina das lideranças", escreveu o colunista

Jornal GGN – Mathias Alencastro, doutor em ciência política pela Universidade de Oxford, escreveu em artigo na Folha de S. Paulo desta segunda (12) que a campanha de Joe Biden nos Estados Unidos está dando “show de sangue frio e disciplina”, mostrando que a “única receita que funciona contra o populismo é a união de forças e a disciplina das lideranças.”

Biden abriu vantagem de mais de 9 pontos sobre Donald Trump e, na visão do analista, isso se deve à estratégia de campanha por trás do Partido Democrata, que é exemplar. “Trump dá a impressão de estar sendo devorado pelo caos que ele próprio engendrou, mas é o sucesso da candidatura de Joe Biden que está por trás da sua desgraça”, avaliou.

De um lado, Biden conta com lideranças como Barack Obama, que “trabalham para mobilizar as comunidades latinas e afro-americanas em eventos virtuais compactos e reservados.” De outros, as disputas internas no Partido Democrata, entre “centristas e esquerdistas”, foi suspensa. Biden “bateu no peito” e anunciou que “ele é o partido” e os “sonhos da esquerda” ligada a Bernie Sanders ficaram em segundo plano.

Enquanto isso, Trump está isolado e sua ameaça de judicializar ou não reconhecer eventual derrota nas eleições de 2020 não tem respaldo do Judiciário e do Exército.

Para Alencastro, se “Trump não afastar a melancolia da sua campanha, a era populista não terá passado de uma parêntese.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora