Meirelles diz que pandemia, não quarentena, derrubou maior parte do PIB em SP

Quarentena representa "apenas uma parte da queda de 27% do PIB", disse secretário. A pandemia em si impactou sobre outros 73%

Jornal GGN – O secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles, disse nesta segunda (11) que a pandemia de coronavírus é a responsável por 73% da perda do PIB que o estado sofreu no último mês. As medidas de isolamento social, que incluem a suspensão de serviços não essenciais, teriam tido efeito sobre 27% do PIB.

“Podemos verificar que 27% da perda do PIB é afetado pela quarentena sim. Mas as avaliações mostram que, mesmo que não tivesse a quarentena, estes setores seriam afetados e estão afetados pela pandemia”, disse Meirelles em coletiva de imprensa ao lado de João Doria.

Segundo o ex-ministro da Fazenda, “diversos setores que não estão afetados pela quarentena, estão sim sofrendo grande queda de atividade. Isso é prova concreta de que 27% de queda do PIB na verdade não se deve apenas ao efeito da pandemia. Tem alguma coisa da quarentena também. Mas a quarentena é apenas uma parte da queda de 27% do PIB. (…) O PIB cai fundamentalmente pelo efeito da pandemia”, acrescentou.

Na coletiva, Doria reafirmou que 74% da economia de São Paulo continuou funcionamento mesmo durante a quarentena.

O governador comentou ainda que não tem efeito em São Paulo o decreto de Jair Bolsonaro, que na sexta-feira passada liberou a construção civil para retomar as atividades nos estados.

O GGN VAI INVESTIGAR E CONTAR A HISTÓRIA DE SERGIO MORO SEM OS RETOQUES DA GRANDE MÍDIA. SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO [AQUI].

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora