Ministro da Saúde fura a quarentena da mãe idosa e leva bronca de menina de 6 anos

Teich afirma que manteve distância da mãe e fez teste para coronavírus antes de visitá-la. Um dia antes, contudo, esteve em hospital referência no combate à doença

Jornal GGN – É destaque no Painel da Folha desta terça (12) que o ministro da Saúde Nelson Teich aproveitou viagem de trabalho ao Rio de Janeiro para visitar a mãe de 87 anos no último domingo (10). A coluna ainda narra o momento em que Teich, além de furar a quarentena da própria mãe em grupo de risco, entra no elevador e leva uma bronca de uma menina de 6 anos.

É que, em plena pandemia de coronavírus, condomínios adotaram como regra que apenas uma família deve usar o elevador por vez, para evitar os riscos de contaminação. Teich não sabia da regra e pediu desculpas à menina que lhe chamou atenção.

Sobre a mãe idosa, o ministro disse que “o encontro observou as recomendações de distanciamento, etiqueta respiratória e uso de máscara. Diz que realizou teste para coronavírus antes do encontro e que o resultado foi negativo.”

Antes de visitar a idosa, Teich esteve no Hospital Federal de Bonsucesso, referência no tratamento de Covid-19, um dia antes. O período de incubação do coronavírus pode levar uma semana. Nesse intervalo, testes podem registrar falso negativo e não há manifestação de sintomas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora