Ministro manda PF investigar colunista da Folha que “torce” pela morte de Bolsonaro

Helio Schwartsman será investigado por violação à Lei de Segurança Nacional após assinar artigo intitulado "Por que torço para que Bolsonaro morra"

Jornal GGN – O ministro da Justiça André Mendonça usou o Twitter na noite desta terça (7) para informar que determinou à Polícia Federal a instauração de um inquérito contra o colunista da Folha de S. Paulo, Helio Schwartsman.

Após Jair Bolsonaro anunciar que está com coronavírus, o jornalista escreveu um artigo intitulado “Por que torço para que Bolsonaro morra”. No texto, ele diz que o presidente da República adotou uma postura “consequencialista” e que sua morte por covid-19 serviria de alerta para o mundo inteiro sobre a crise sanitária, implicando em menos mortes decorrentes de sua irresponsabilidade.

Mendonça afirmou que “quem defende a democracia deve repudiar o artigo” e que, “com base nos artigos 31, IV; e 26 da Lei de Segurança Nacional, será requisitada a abertura de inquérito” à Polícia Federal.

O ministro de Bolsonaro também sustentou que “Princípios básicos do Estado de Direito: 1.Há direitos fundamentais. 2.Não há direitos fundamentais absolutos. 3. As liberdades de expressão e imprensa são direitos fundamentais. 4. Tais direitos são limitados pela lei.”

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Refundação do Brasil passa por desencarcerar e descriminalizar a cannabis, diz Valois

11 comentários

  1. Então o “cliente” dele , o ex-ministro estaria em apuros por por os Ministros do STF em cana e o presidente queria fuzilar FHC , melhor deixar quieto…

  2. O colunista não está sozinho. Creio que milhões de pessoas no Brasil e no mundo têm o mesmo sentimento. Eu me incluo nisso. Entre o vírus e o parasita torço pelo primeiro.

    6
    1
  3. A presidenta Dilma deveria interpelar o Ministro da Justica para que investigue o Bozo, por desejar, explicitamente, a morte dela, seja por câncer, seja por infarto.
    Exige-se, um mínimo de coerência por parte de nossas autoridades.
    Aquele que defendeu e instigou o fuzilamento de adversários políticos, agora se faz de vítima.

    11
  4. É surreal como funciona o “ódio do bem”, esse salvo-conduto que todo esquerdista tem para ameaçar, humilhar, maltratar, agredir e após tudo isso se fazer como um “guerreiro” iluminado do que eles acreditam ser uma democracia.

  5. dois pesos e duas medidas: “Espero que o mandato dela acabe hoje, infartada ou com câncer, de qualquer maneira”, disparou, durante visita em Goiânia. “O Brasil não pode continuar sofrendo com uma competente, ou ‘incompetenta’, à frente de um país tão grande e maravilhoso como esse aqui”, disse Bolsonaro. (áudio) https://www.brasil247.com/poder/bolsonaro-quis-que-dilma-morresse-infartada-ou-com-cancer-audio
    Ministro da Justiça anunciou que vai enquadrar o colunista da Folha de S.Paulo Hélio Schwartsman na Lei de Segurança Nacional por ter escrito artigo no qual desejar a morte de Jair Bolsonaro,

    • Perfeita a sua colocação…Jair Messias atira a pedra, mas se esquece que seu telhado é de vidro. Realmente: dos pesos e duas medidas. Está provando do próprio veneno.

  6. dois pesos e duas medidas: “Espero que o mandato dela acabe hoje, infartada ou com câncer, de qualquer maneira”, disparou, durante visita em Goiânia. “O Brasil não pode continuar sofrendo com uma competente, ou ‘incompetenta’, à frente de um país tão grande e maravilhoso como esse aqui”, disse Bolsonaro.

  7. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome