Molon diz que vai acionar Justiça contra ameaça do general Heleno

"Vamos representar contra o General Heleno por crime comum, com base na Lei de Segurança Nacional, e por crime de responsabilidade", afirma o deputado

Brasília - Entrevista do deputado, Alessandro Molon da Rede, na Câmara dos Deputados. (Antônio Cruz/Agência Brasil)

Jornal GGN – O deputado federal Alessandro Molon (PSB) afirmou nesta sexta (22) que vai acionar o general Augusto Heleno na Justiça por crime comum, depois que o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional publicou uma nota ameaçando o Supremo Tribunal Federal por causa de um pedido de busca e apreensão no celular de Jair Bolsonaro. O pedido ainda será analisado pela Procuradoria-Geral da República.

“Vamos representar contra o General Heleno por crime comum, com base na Lei de Segurança Nacional, e por crime de responsabilidade. A nossa democracia não pode se curvar neste momento, sob o risco de cruzarmos a última barreira que nos distingue de um regime totalitário. Basta”, escreveu Molon.

General Heleno faz ameaça velada ao STF após pedido de apreensão do celular de Bolsonaro

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora