Mortes diárias por coronavírus vão aumentar em outubro, diz OMS

Kluge lembrou que a vacina desenvolvida por vários laboratórios dá sinais de que não será eficaz em alguns grupos, logo, os países não podem tratá-la como salvação

Jornal GGN – O diretor europeu da Organização Mundial da Saúde (OMS), Hans Kluge, afirmou à imprensa que a pandemia do novo coronavírus será “mais difícil em outubro e novembro”, com aumento do número de mortes registradas diariamente. A taxa de mortalidade, no entando deve se manter estável na Europa, que inicia uma segunda onda.

Segundo o Estadão, o braço da OMS na Europa discute a partir dessa semana uma “estratégia quinquenal” para combater a crise sanitária. Neste contexto, Kluge lembrou que a vacina desenvolvida por vários laboratórios dá sinais de que não será eficaz em alguns grupos, logo, os países não podem tratá-la como salvação.

“Ouço o tempo todo que ‘a vacina vai ser o fim da pandemia’. Claro que não! Nem sequer sabemos se a vacina vai ser eficaz para todos os setores da população. Recebemos alguns sinais de que será eficaz para alguns, mas não para outros”.

De acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins, o mundo registra 924,8 mil mortes e tem 29 milhões de casos da doença.

O Brasil tem 131,6 mil mortes e 4,2 milhões de casos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora