“Novo AI-5”: Eduardo Bolsonaro é denunciado ao Supremo

Os partidos de oposição ao governo prometem acionar o Conselho de Ética da Câmara no início da próxima semana

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Partidos de oposição ao governo apresentaram nesta quinta (31) uma notícia-crime contra Eduardo Bolsonaro, que defendeu, em entrevista a Leda Nagle, no YouTube, um “novo AI-5” em resposta a eventuais protestos de massa que possam ocorrer no Brasil.

A ação foi protocolada pelo PSOL, PT, PSB, PDT, PCdoB, Rede e Minoria (representação dos partidos da minoria na Câmara), de acordo com informações do jornal O Globo.

Para as legendas, Eduardo cometeu incitação ao crime e apologia ao crime contra a ordem democrática, excedendo a liberdade de expressão que o mandato de deputado lhe confere.

“Nós não podemos tratar como garoto, o garoto tem que responder pelo que faz. Ele não é inimputável. No Brasil, é o que está acontecendo hoje, o que parte do Bolsonaro e de quem está ao lado dele, ninguém leva em consideração. Só que ele diz essas coisas há trinta anos e acabou virando presidente da República”, disse Humberto Costa (PT).

Os partidos prometem acionar o Conselho de Ética da Câmara no início da próxima semana.

notícia crime AI 5 Bolsonaro (1)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora