O Gay e a Seleção Natural

steve rud

Enquanto a Ciência procura a explicação da homossexualidade no gene gay, outro pesquisador procura na seleção natural as respostas. Os mais recentes estudos do pesquisador de Steve Rud indicam que a homossexualidade é um comportamento sexual induzido pelo inconsciente biológico que estimula ou não a heterossexualidade. Havendo uma queda acentuada nos números da população humana, ameaçando a extinção da espécie, então a heterossexualidade é estimulada ao máximo para acelerar a reprodução de indivíduos. Se, ao contrário, a população humana é muito grande, como acontece atualmente, então é acionado automaticamente um relaxamento da função reprodutiva na psique do indivíduo, acentuando-se outras opções sexuais para favorecer ao equilíbrio demográfico, sendo a homossexualidade uma dessas opções. Freud e Lacan já haviam dito que não existe padrão de sexualidade nos seres humanos e que este é definido posteriormente. O instinto de sobrevivência tanto pode disparar a motivação para a reprodução da espécie quanto pode motivar o indivíduo a não reproduzir, uma vez que este esteja ameaçado com a superpopulação e desconfortável em termos de sobrevivência. Como, atualmente, a superpopulação mundial dificulta a adaptação e ameaça a sobrevivência da espécie, a heterossexualidade está sendo inibida (como resposta) e constatamos o crescimento acelerado do atrativo sexual por pessoas do mesmo sexo, numa tentativa de diminuir a população e salvar a espécie. O processo é ativado no inconsciente biológico da humanidade. Para Steve Rud o gay é uma invenção da natureza e está biologicamente correto. O pesquisador afirma ainda que a homossexualidade sempre existiu como arma da natureza para desacelerar ou equilibrar o crescimento populacional. Os resultados destes estudos foram publicados no livro O Gay e a Biologia.

 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome