OMS recomenda análise de casos de pneumonia do final de 2019

Ação pode identificar novos casos de covid-19. De acordo com porta-voz da OMS isso ajudaria ter "uma nova perspectiva" sobre a pandemia

Jornal GGN – A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou nesta terça-feira, 5 de maio, que os países analisem amostras de doentes com suspeita de pneumonia em dezembro de 2019, para novas identificações de possíveis casos da Covid-19. As informações são da coluna de Jamil Chade, no UOL. 

Segundo o porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, “é muito importante que todos os países com casos não especificados de pneumonia em dezembro, ou até mesmo novembro, realizem testes”, disse em entrevista coletiva.

A indicação acontece após a descoberta de médicos sobre um novo caso positivo de covid-19 na França em dezembro passado, antes da China notificar à OMS sobre casos do novo coronavírus e da declaração oficial da emergência, feita em janeiro. 

Para Jamil Chade “a descoberta francesa ameaça ampliar as críticas contra o governo da China, acusado de ter agido com lentidão e tentado abafar os casos iniciais”, escreveu.

O porta-voz da OMS também destacou que as novas testagens sobre amostras de pacientes com suspeita de pneumonia no final de 2019 podem  “ajudar a ter uma nova perspectiva” sobre a pandemia. “Isso pode nos ajudar a ver o potencial de circulação do vírus”, afirmou. 

Apesar dos novos dados, a descoberta de novos casos da covid-19 em dezembro não surpreende a OMS, “já que turistas e viajantes poderiam ter feito o trajeto para a Europa em 2019, antes da declaração primeira do surto”, pontuou Chade. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  FMI: América Latina terá maior recessão da história

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome