Parlamentares consideram ‘timing’ de encontro Huck-Moro ruim

Para políticos do Centrão, a construção de uma chapa não só é embrionária como ela ainda precisa de apoio no Congresso Nacional

Foto: Reprodução

Jornal GGN – Líderes de partidos que compõem o chamado centrão consideram embrionária a construção de uma chapa entre o apresentador Luciano Huck e o ex-ministro Sergio Moro, e que a dupla precisaria de apoio no Congresso para ser viável.

A união Huck/Moro foi considerada uma alternativa ao presidente Jair Bolsonaro na disputa presidencial de 2022, e começou a ser formada após um almoço entre o apresentador e o ex-juiz no final de outubro.

Contudo, a aliança passou a ser alvo de críticas de partidos da centro-direita e do centro – um dos críticos foi o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que afirmou que Moro era de extrema direita e descartou qualquer apoio a uma chapa formada pelo ex-juiz.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, Maia é uma voz praticamente isolada nas críticas, uma vez que outros líderes de partidos do centro no Congresso consideram cedo qualquer tipo de análise sobre uma aliança de ambos para barrar uma reeleição de Bolsonaro.

Além disso, parlamentares consideram que o “timing” da reunião mostra que ambos não possuem conhecimento da política nacional, o que consideram ser negativo para a aliança.

 

 

Leia Também
Agência Xeque: Alexandre Garcia erra ao atribuir celular à privatização
O novo esquerdismo burguês, por Carolina Maria Ruy
No berço do materialismo, um sopro de humanismo, por Luis Piemonte
O inaceitável uso deliberado da mentira como tática política, por Arnaldo Cardoso 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador