Pela primeira vez, Bolsonaro perdeu o controle da pauta nacional, com a CPI em ação

Ataques às máscaras, motociata, viagem em avião comercial, Copa América. Tudo isso é uma tentativa desesperada de Bolsonaro de retomar o controle da pauta, diz colunista

Foto: Divulgação/Presidência da República

Jornal GGN – O jornalista Octaviano Guedes publicou uma reflexão certeira em sua coluna no G1 nesta segunda (14). Ele observou que, pela primeira vez desde o começo do governo, Jair Bolsonaro perdeu o controle sobre a pauta nacional, agora que a CPI da Covid no Senado expôs a omissão e inação do governo federal na gestão da pandemia do novo coronavírus e caminha para seguir o “caminho do dinheiro” e descobrir quem está enchendo o bolsonaro com a venda de soluções falsas para a crise sanitária do século.

Guedes até comparou Bolsonaro com o humorista Pedro de Lara, cujo personagem se alimentava das vaias do público. Assim é o presidente da República: precisa criar fatos diários que despertam o repúdio da maior parte da opinião pública sensata. Ao posar de líder que anda na contramão do sistema, ele capitaliza ainda mais a força de seus apoiadores, que aceitam qualquer teoria ou opinião estapafúrdia do extremista de direita. Durante dois anos, foi assim que Bolsonaro governou o Brasil e pautou a mídia e o debate nacional.

A CPI conseguiu romper com esse vício e tirar a pauta do País do controle de Bolsonaro. “O maior trunfo político da comissão foi resgatar o Brasil do cercadinho, onde Bolsonaro o manteve em cativeiro por mais de dois anos”, escreveu Guedes. “(…) a oposição, pela primeira vez, passou a ditar a pauta nacional. Não fica mais esperando as aberrações de Bolsonaro para repercutir e repudiar, sempre passivamente. Conseguiu dominar o noticiário e monopolizar os debates nas redes sociais. Pedro de Lara deixou de ser a diva do show.”

É na tentativa de retomar o controle do debate público que Bolsonaro dispara novos ataques às máscaras – como o “parecer” para desobrigar seu uso em quem tomou vacinas -, organiza e lidera motociatas, admitiu a Copa América às vésperas da terceira onda da pandemia e embarca em avião comercial para gerar vídeos que viralizam na internet.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome