Salles quer mudar meta de redução de desmatamento ilegal até 2023

Nova medida propõe meta inferior a área, por exemplo, desmatada ao longo de 2019 apenas na Amazônia

AFP PHOTO / GREENPEACE / VICTOR MORIYAMA

Jornal GGN  – O Ministério do Meio Ambiente, comandado por Ricardo Salles, sugeriu ao Ministério da Economia de Paulo Guedes uma mudança na meta prevista no Plano Plurianual (PPA) de redução do desmatamento ilegal no país.

Inicialmente, o PPA tinha o objetivo de reduzir 90% dos desmatamentos e incêndios ilegais até 2023. Agora, a pasta de Salles propõe a nova meta de preservação de 390 mil hectares de vegetação nativa da Amazônia até o final da atual gestão.

No entanto, a nova meta seria inferior à área, por exemplo, desmatada ao longo de 2019 apenas na Amazônia, que teve alertas de desmatamento em cerca de 900 mil hectares, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O Ministério do Meio Ambiente argumenta que a diminuição do desmate de 90% até 2023 é um objetivo intermediário e que o governo federal tem como meta principal a redução de 100% do desmatamento ilegal até 2030.

Já o Ministério da Economia disse nesta terça-feira, 4 de agosto, por meio de nota, que concorda com a sugestão de tornar o objetivo do PPA “compatível com as metas definidas no Acordo de Paris”.

Com informações da Folha de S. Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Trump tenta conter perda de eleitorado no interior dos EUA

3 comentários

  1. Claro, a gente não combate o desmatamento ilegal. Você aumenta a meta e torna tudo legal.
    Esse cara não foi condenado por improbidade?

    1
    1
  2. Num governo de mentirosos compulsivos, e sem políticas públicas eficazes em qualquer ministério, como levar a sério o capataz da boiada?

    1
    1
  3. Ministro de Estado da República Federativa do Brasil quer legislar sobre seu Território, sua População e sua Política. Soberania? Parte da Imprensa Brasileira e parte da Representação Política Nacional é contra Soberania? Novamente, onde está a foto dos mais de 30 milhões de Brasileiros que vivem no estados que compõe a Região Amazônica Brasileira? População maior que de muitos países. Entendemos. Não é bem a Humanidade que queremos preservar. Pobre país rico. Entreguismo, Traição e Lesa-Pátria na Indústria da Pobreza, acabaram. Mas de muito fácil explicação.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome