Tarcísio defende aumento no próprio salário; ALESP já tem projeto para reajustar em 50%

Johnny Negreiros
Estudante de Jornalismo na ESPM. Estagiário desde abril de 2022.
[email protected]

Aumento do salário do governador tem efeito cascata e pode gerar impacto de R$ 1,5 bilhão por ano

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, participa de audiência pública na Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O governador eleito em São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), defendeu o aumento do próprio salário a partir de 2023, quando tomará posse do Palácio dos Bandeirantes. A medida tem efeito cascata em todo o funcionalismo público no Estado, já que a remuneração do chefe do Executivo é o teto dos servidores.

Projeto de lei com essa mudança tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP). Caso o texto em curso seja aprovado e colocado em vigor, o salário do governador passaria de R$ 23 mil para R$ 34,6 mil. Isso representaria aumento de 50% do valor atual.

A remuneração do vice-governador sairia de R$ 21,9 mil para R$ 32,9 mil. Já os secretários deixariam de receber R$ 20,7 mil para faturar R$ 31,1 mil.

No eixo da vertical, valor em milhares de reais.

Segundo estimativa do próprio Projeto, a mudança teria impacto de R$ 1,5 bilhão por ano aos cofres estaduais.

A gente tem que ter muita responsabilidade, porque quando você fala em aumento do salário do governador dali sai a baliza para o teto do funcionalismo. Então, no final das contas, isso impacta uma série de carreiras e impede que uma série de profissionais tenham aumento real, e já estão com perda salarial porque esse teto está congelado desde 2019.

disse o governador eleito

Lobby

A pressão para que a ALESP e o Palácio dos Bandeirantes aprovem o aumento de salários parte de policiais, auditores fiscais e outras categorias que historicamente têm força política em São Paulo.

No caso dos auditores, o teto salarial é de aproximadamente R$ 23 mil.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, falam à imprensa na entrada do Palácio da Alvorada. Foto: Agência Brasil

Transição e bolsonaristas especulados

Nesta quinta-feira (17), as equipes do atual governador, Rodrigo Garcia (PSDB), e de Tarcísio se reuniram pela primeira vez desde o último dia 30 para iniciar a transição. Como os tucanos estão no poder paulista desde 1995, é um momento inédido neste século.

Após reunião entre os times, Tarcísio de Freitas falou sobre seu secretariado. A partir de segunda-feira (21), o bolsonarista vai ocupar o edifício Cidade 1, no centro da capital, quando vai anunciar os nomes que participarão da transição por eixo temático.

Vai ser mais de um integrante por eixo temático. Não significa necessariamente que aqueles integrantes vão compor o quadro de secretários. Mas é a turma que vai fazer esse trabalho de transição, vai perceber a realidade de cada secretaria.

explicou

Aliados de Jair Bolsonaro, Ricardo Salles (PL) e Mario Frias (PL) são especulados para fazerem parte do futuro governo Tarcísio. Questionado sobre os dois, o próximo mandatário se esquivou:

Existem parlamentares que pelo perfil vão ser muito importantes no Congresso. Eu sempre falei em ter uma gestão absolutamente técnica. Vocês vão ver pelos nomes que eu vou começar a anunciar que a gente não vai se distanciar daquilo que nós nos comprometemos ao longo do tempo.

respondeu
Johnny Negreiros

Estudante de Jornalismo na ESPM. Estagiário desde abril de 2022.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Vale lembrar que a atual Câmara de Deputados e Governador do estado de São Paulo eleitos foram Calcinha Apertada do PSDB do Vice Presidente da República do Chefe da Quadrilha, alcunha Picolé de Chuchu. Ou seja, a mamata está sendo votada pela Cleptocracia reinamnte neste 40 anos de farsante e corrupta Redemocracia entre PT e PSDB. O Lixo e Ratos destes 40 anos, que Imprensa Marron Comparsa distorce os fatos e matérias para enganar o Povo. Assim como fez trazendo o Bandido de volta à cena do Crime. Tarcísio, mesmo antes da posse, já está arquitetando pelo aumento do Funcionalismo que realmente trabalha, como fe z Bolsonaro com o teto de Salário da Enfermagem, sabotado pelos Parasitas e Vermes da Cleptocracia de PT / PSDB /STF. O abismo entre Canalhas Esquerdopata-Fascistas e os Trabalhadores é gigantesco. E o Povo sabe muito bem disto.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador