Vacina russa: o que sabemos até agora? Médico sanitarista explica na TV GGN

Dourado esclarece que cada País tem autonomia para fazer o registro, e que este fato significa apenas que a vacina "passou pelo crivo da autoridade sanitária da Rússia"

Jornal GGN – Comentarista da TV GGN, o médico sanitarista Daniel Dourado resume os fatos até agora conhecidos a respeito da Sputnik V, a vacina contra coronavírus desenvolvida pela Rússia.

O imunizante recebeu registro da autoridade sanitária russa, embora ainda não tenha apresentado os resultados da última fase de testes clínicos.

Tudo indica que a vacina terminou a fase 2, que estuda a segurança e um pouco da eficácia, mas ainda não concluiu a fase 3, que prova se ela confere imunidade e segurança.

O que a OMS tem a ver com o registro da vacina? O Brasil já pode comprar doses do imunizante da Rússia? Estas e outras dúvidas, Dourado responde no vídeo gravado em 11 de agosto de 2020 para a TV GGN. Confira:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pandemia: Ecossistema da desinformação é "intencional, organizado e tem muito dinheiro"

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome