Vozes do Silêncio e a Vigília Pela Democracia

GGN se associa ao movimento Vozes do Silêncio em sua manifestação online do dia 31 de março, o Vigília pela Democracia.

Nesse dia, haverá uma programa com vários eventos programados: entrevistas de vítimas da ditadura ou seus parentes e conhecidos, tuitaços, panelaços, saraus musicais e um grande debate sobre a justiça de transição.

Não deixe de acompanhar o movimento através do site Vozes do Silêncio

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Caso George Floyd: Trump pede intervenção militar para conter protestos em Minnesota

4 comentários

  1. Além da vigília silenciosa em que poderíamos ouvir os artistas, num som ambiente, mpb, baião, rocknroll, blues, guarânias, pé de serra, música andina, poderíamos boicotar as empresas que, tendi excesso de adiposidade, ameaçam demitir para continuar lucrando

    #cadêoexamecorsolnaro?
    #cadêoqueiroz?
    #cadêomandantedoassassinatodamariellesergiomoro?
    #cadêoamarildo?
    A próxima pergunta é pra Gal e pro Bozovirus
    #cadêodinheiroparaapopulacaojogadanasarjetadocapital?
    #cadêapedeaeaervaoupelomenososon(h)o?
    Durmas-se com os Stones fighting in the stages of the world singing out loud
    I can get (no) satisfaction

  2. Já alertaram: se a quarentena horizontal PARCIAL minimizar o número de óbitos e a situação econômica, que já não ia bem, piorar, o nojento bolsonaro vai atribuir a recessão não à sua incompetência nem aí vírus, mas à quarentena.

    Se acabar o isolamento social, o número de mortos e de desempregados serão atribuídos ao vírus, e não ao Bolsonaro e aos empresários.

    Se não se fizer um trabalho de esclarecimento da população mais humilde, ela apoiará e será utilizada depois pelo Bolsonaro contra as pessoas que defendiam o isolamento social bem como o bail out dos desamparados e dos micro, pequenos e médios empresários.

    Com um pequeno número de trabalhadores se revezando, é possível garantir o abastecimento social e a produção. A sociedade civil tá fazendo sua parte. O governo e o mercado só pensam em tirar proveito da situação.

    Absurdo. Enquanto isso, o tempo está se esgotando rápida e irreversivelmente pra tantas pessoas que poderiam ser poupadas da morte, do desemprego, da fome e de mais sofrimento do que o sofrimento já causado pela pandemia e pelo desemprego

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome