O bloqueio do mundo intelectualizado rompido pela internet

Comentário ao post “A balbúrdia democratizante das redes sociais

Um pouco mais de filosofia para se entender as mudanças do tempo.

De Nassif:

“A Internet surge para romper esse bloqueio. Ainda é uma realidade caótica, mas já dividida em camadas hierárquicas – do público menos intelectualizado, que se move por slogans, aos formadores de opinião, que se articulam em torno de conceitos

Faço a seguinte releitura;

A internet surge para romper o bloqueio do mundo intelectualizado e o acesso restrito que lhes era garantido pelo sistema para o diferenciar da massa, criar a falsa sensação de superioridade e saber…..

Ou como diz Arthur Schopenhauer:

Os eruditos são aqueles que leram nos livros; mas os pensadores, os gênios, os iluminadores do mundo e os promotores do gênero humano são aqueles que leram diretamente no livro do mundo.”

Esse pensamento de Schopenhauer parece explicar com perfeição a diferença entre os leitores da grande mídia e o povão em geral, e mais especificamente a diferença entre as ações de Lula e FHC.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora