O inimigo público nº 1, por Luis Felipe Miguel

Por que motivo esse homem de 73 anos causa tanto medo? Impedir que Lula apareça, impedir que Lula fale, tentar impedir que Lula seja lembrado – é a obsessão dos donos do poder no Brasil

Por Luis Felipe Miguel

No Blog da Boitempo

Lula foi condenado em mais um dos processos montados contra ele, o do sítio de Atibaia. Não há nada aqui que fuja do script; tanto quanto no caso do apartamento do Guarujá, o veredito já estava determinado de antemão. A sentença da juíza Gabriela Hardt passa à história ao lado da anterior, de seu mentor Sérgio Moro, como um monumento do desprezo ao direito e da impudência que grassa no Judiciário brasileiro. Não é indicado ato de ofício que justifique a condenação, que aliás se dá por motivo diverso do apresentado na acusação, e volta o argumento bizarro de que a ausência de evidências é indício de crime. O toque pessoal de Hardt foi apresentar, entre seus argumentos, a coincidência substantiva nos depoimentos de duas testemunhas-chave do caso, José Adelmário e Léo Pinheiro. Seu trabalho foi tão bem feito, tão atento, que ela não percebeu que são a mesma pessoa: Léo é o apelido de José Adelmário.

Tamanha lambança vai causar alguma comoção nas instâncias superiores? Certamente não. O TRF-4 já mostrou a quem serve ao garantir, a jato – a Lava Jato? –, a inelegibilidade de Lula. E o STF, presidido pelo pigmeu moral Dias Toffoli, é bem mais sensível aos sussurros, cada vez menos discretos, dos generais do que aos gemidos da Constituição agredida.

Dias antes da nova condenação, Lula foi impedido de assistir ao funeral de seu irmão Vavá, em um dos episódios mais consternadores da perseguição judicial contra ele. Foi-lhe negado um direito claramente consignado na lei, com base em justificativas bisonhas. Ao final, Dias Toffoli, sempre ele, acrescentou a cereja do bolo com a vexatória autorização para o comparecimento ao enterro, dada minutos antes do corpo descer ao túmulo e sob condições draconianas: o morto deveria ser transportado para alguma Guantánamo tupiniquim, celulares seriam proibidos, só os familiares mais próximos seriam admitidos e, o mais importante, Lula não poderia fazer nenhuma declaração pública. Sob a alegação, claro, de proteger sua segurança.

Leia também:  Hy-Brazil: viva a Revolução!, por Arkx

Por que motivo esse homem de 73 anos causa tanto medo? Impedir que Lula apareça, impedir que Lula fale, tentar impedir que Lula seja lembrado – é a obsessão dos donos do poder no Brasil.

O legado do lulismo ainda é objeto de discussão na esquerda – e certamente assim continuará, por longo tempo. Para muitos, o ex-presidente é um exemplo da virtù maquiaveliana, navegando em circunstâncias muito adversas e, assim mesmo, conseguindo promover políticas de inclusão social que mudaram a vida de milhões de brasileiros. Para outros, ao optar por um programa de infinita timidez e autocontenção, abandonando a perspectiva classista e também os esforços para mudar a correlação de forças no país, ele trocou um horizonte de transformações profundas por mudanças pontuais e carentes de solidez. O golpe de 2016 e a opção da classe dominante pelo bolsonarismo parecem ter liquidado qualquer esperança de ressurreição do projeto lulista.

Pouco importa. Com seus equívocos e com seus acertos, com suas ambiguidades e suas vacilações, Lula, por um lado, representa a possibilidade de um Estado que olhe para os mais pobres e, por outro, é a imagem de um povo brasileiro que rompe seu complexo de inferioridade e passa a ter orgulho de si mesmo. Para além de todo o espírito de conciliação, acomodação e moderação, esses dois elementos de alto potencial subversivo estão sempre presentes. É por isso que, para os que mandam no Brasil, Lula é o inimigo público nº 1.

Leia também:  Dodge chama procuradores de Curitiba para discutir vazamentos da Lava Jato

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. Sem Lula Livre não há salvação.
    Todo e qualquer protesto ou manifestação perde o sentido se não tiver como palavra de ordem LULA LIVRE! Se não se liberta o Lula perde-se a aposentadoria, o Banco do Brasil, o salário mínimo, o Pacaembu (já era!) a Petrobras a carteira de trabalho, a educação pública, a saúde pública etc, etc, e tals.
    Lula é preso político e quem permite isso vai ter que se sujeitar ao resto. Devagarinho, e rapidamente os direitos do povo vão escorrer pelo ralo. Advertência: Você também é povo, desculpe lhe lembrar. Não importa se você “anda de Porsche”

  2. Sobre o único herói nacional
    O inimigo público número um, nunca deixou de ser um cidadão comum que a história moldou de criminoso.

  3. “Impedir que Lula apareça, impedir que Lula fale, tentar impedir que Lula seja lembrado – é a obsessão dos donos do poder no Brasil.”

    Não só dos donos do poder. O coronel cearense já declarou Lula seu inimigo.

  4. Lula é a própria representatividade do povo brasileiro. Quem está preso em Curitiba, quem está sofrendo com tanta humilhação e perseguição é o próprio povo brasileiro na figura e na pessoa do Lula, seu maior representante. Não só do Lula, mas juntemos também o Partido dos Trabalhadores. Todos dois tão terrivelmente massacrados e odiados, pois “eles” odeiam o povo brasileiro, pelos que estão fazendo no momento.

    Não há quem mais represente o povo brasileiro, os pobre, os miseráveis, e quase a totalidade do país, do que o Lula e o PT. Existe sim outros partidos, uns muito próximos outros distantes, mas esses dois são principais alvos do ódio dos extremistas de direita e de grupos que formaram uma casta jurídica e midiática que tentam controlar (ou controlam) o país através do uso do poder jurídico do estado (a força da Lei, a falsa justiça para destruir reputações) e do meios de comunicação, pregando o ódio e a destruição.

    Querem fazer uma super lavagem cerebral no povo em pleno século XXI com TV. Os embates são grande na internet, mas se fosse pelos tradicionais meios de comunicação (jornais, revistas, rádio e Tv) já tinham conseguido.

    O ambiente é depressivo, triste, deprimente de tamanha negação. Mentiras, trolagem, e falsos filósofos. O arsenal é grande para tentar enlouquecer a população. E mesmo eleitos e vitoriosos, sem conseguir entregar a honestidade prometida e muito menos a estabilidade econômica do país, continuam com o agora manjado discurso de ódio e culpa.

    Sobra a loucura. E ela é de tamanha monta, direcionada exclusivamente para destruir e denegrir o legado dos governos petistas, na sua principal figura do ex-presidente. Jogaram a ética e a civilidade no brejo, sobrou o puro cinismo e a aposta na completa idiotização dos simpatizantes.

    E conseguiram, a idiotização foi completada. Eles preferem destruir o Brasil, ver a retirado de seus direitos básicos até à cidadania, deitam e charfundam na lama da ineficiência do poder público (Brumadinho é resultado disso), entregam a soberania e as riquezas nacionais à ganância externa, enfim, para simplesmente derrotar, destruir e humilhar o PT e o Lula, arfam e estão satisfeito.´

    Mas, é vida que segue, o que mais esperar?

  5. A razão, além do medo e do temor que possuem pela figura de Lula, eu imagino que seja tentar evitar, a todo custo, que o povo perceba que são mais mesquinhos e inferiores do que já se mostraram, para o mundo . Se a simples presença de Lula, em espaço público já os reduzem a simples coadjuvantes, sem expressão alguma imagina se Lula começar a falar seja pra quem for. Com certeza, se não fizerem um esforço extra, para controlar seu equilíbrio, que já dá sinais de desgaste, não escaparão de serem esmagados pela grandeza de Lula. Então, por não saberem como enfrentar a superioridade indiscutível de Lula, a coligação do corporativismo servil e estúpido opta por usar da covardia, por usar do abuso do poder e também por usar da mediocridade hipócrita, como se fosse ela uma arma letal contra Lula. Quanta ignorância e ingenuidade, penso eu, que só pode caber em mentes diminutas e já capturadas pela corte do poder maior.

  6. stop brésil sem volta para, para pensar um pouco , estamos no fin do poço, quem é o chefe dessa porra branca e azul é, hà suja justiça americana com seus juizes , é corte suprema da america que comanda o mundo e o brésil é uma pequena merda ..todo sistema brésilien recebe ordem do fbi e CIA ..prendem quem eles querem e ponto final …heroi é aquele ue resiste como maduro….como cuba …mesmo la frança baixou o joelho e tirou as calças para os americanos …

  7. Lula eh gigante pela própria natureza, pela sua história, pelo seu carater, esta preso por ser gigante, tive a honra de estar perto dele , queria beijar sua mão , mas não consegui, sofro por estar preso e peço a ele, de coração, aceite prisão domiciliar, pois não vejo maneira de sair da prisão, os Dellagnol, os Hardt, os Thompsons,elite de familias abastadas não permitirão, não desmerecimento nenhum e aproveite seus ultimos anos ,meu guerreiro

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome