Vamos ficar falando somente dos funcionários do grande capital. Do André Esteves ninguém fala nada?, por Rogério Maestri

O que ocorreu não foi um mero vazamento que alguém ouviu e falou a um órgão de imprensa, foi uma clara e inequívoca GRAVAÇÃO de uma palestra do Banqueiro

Vamos ficar falando somente dos funcionários do grande capital. Do André Esteves ninguém fala nada?

por Rogério Maestri

Num país CAPITALISTA normal, estaríamos em situação de queda do Presidente do Banco Central, prisão do banqueiro dono do BTG e um rebuliço no mercado, mas no Brasil nada acontece. 

O mais normal e já motivo de queda do Presidente do Banco Central e prisão do banqueiro seria um escândalo de uma informação privilegiada do Presidente do BC a um banqueiro qualquer, seria considerado um crime e já estaríamos falando em cadeia para os dois, entretanto no Brasil as coisas são tão distorcidas que o banqueiro declara a um grupo seleto de investidores que não há informação privilegiada do BC, pois por mais incrível que pareça ele fala que ele indicou ao presidente do BC qual seria a taxa de juros que seria adotada no país. 

O que ocorreu não foi um mero vazamento que alguém ouviu e falou a um órgão de imprensa, foi uma clara e inequívoca GRAVAÇÃO de uma palestra do Banqueiro André Esteves a um bando de risonhos puxa-sacos em que ele diz simplesmente que o Presidente do Banco Central (independente a todos, exceto aos seus donos) que ele indicou a taxa de juros a ser aprovada na próxima reunião “SECRETA” do BC. Além disso ele fala que teve que convencer os impolutos Ministros do STF que aprovassem a independência do Banco Central, ou seja, que além de mandar no setor econômico do executivo ele simplesmente “EDUCA” os ministros do STF da importância de somente os banqueiros mandarem do BC. 

Mas a imprensa passa por longe de tudo isso, a grande imprensa assim como a maioria da imprensa alternativa, pois o mais importante é falar contra os empregados do grande capital tais como, Paulo Guedes, Temer, Bolsonaro e outros empregados do grande capital, esquecem que quem controla todos esses paspalhos é o grande capital nacional e principalmente o internacional. 

Mecanismos de controle do imperialismo internacional, como os impolutos procuradores que foram protegidos exatamente pelo PSOL, que vão e recebem membros da CIA, FBI e mais outros, são os donos do país, que se manifestam abertamente contra qualquer tentativa de soberania. 

Mas o importante é falar sobre a Michelle Bolsonaro ou sobre os blogueiros de direita, pois quem manda tem que continuar fazendo seu trabalho impunimente, mesmo que isso leve a milhares de brasileiros morrendo de fome.

Este texto não expressa necessariamente a opinião do Jornal GGN 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Prezado Maestri

    Isso vem de longe, e não mudará tão cedo, ainda mais com um boçal pra distrair a patuleia enquanto as elites e oligarquias comandam o cofre!!!

    O patropi não é pra amadores!!!

    Abração

  2. Muitos anos atrás, eu ainda garoto. Há uma crise. Entrevista-se o comerciante, entrevista-se o industrial. Ambos aparecem, no JN, no Fantástico, onde for, cabelos impecavelmente penteados, unhas aparadas, sala da direção com o vistoso retrato do fundador da empresa ao fundo: “É preciso crédito mais barato, é preciso melhorar o poder de compra dos salários, etc, etc, etc.”
    E a entrevista com o banqueiro? Nada de entrevista com o banqueiro. No máximo, aparece um economistazinho de 3º escalão, dizendo que é necessária cautela, que o governo está no caminho certo, e tome de etc, etc, etc.
    Corta para o meu último emprego, administração de um condomínio residencial, conversa com o porteiro. Trata-se disso, trata-se daquilo, e a conversa chega a um assunto, a riqueza, o luxo, a ostentação. Ao perceber o rumo da conversa, com o porteiro recitando seus sonhos de consumo – o mais curioso deles, possuir um closet – e eu pergunto: – Quem é milionário, Reginaldo?
    E o Reginaldo, negro alto, boa praça, sorri e responde, como se desejasse ser um deles: – Ah, milionário é o Ronaldinho, o Romário…o Neymar.”
    Pano rápido.
    E aí, quando se fala nessa gente que não aparece, que fica atrás do pano, manipulando as marionetes – um com a cara do Guedes, outro com a cara da Michelle, um terceiro com cara aleatória de paspalho, começa logo o coro dos contentes, uníssono: Teoria da Conspiração!
    E essa gente que não aparece, quando inadvertidamente “aparece”, é sob a forma de uma voz, assertiva e blasé: ‘Tá tudo controlado”.
    Stephen Dedalus: “A História é um pesadelo de que luto para libertar-me.”
    Eu: A História é um pesadelo de que só se liberta quem não sonha, mas age.
    Eles agem, nós sonhamos, com justiça, igualdade, etc, etc, etc.
    Nós sonhamos com coisas impossíveis, eles se apoderam das possíveis. Todas elas.
    Quem não souber quem é Stephen Dedalus, vá ao google.
    Quem não souber quem sou eu, eu sou você, amanhã ou depois, quando a tomada de consciência acabar com os sonhos e acordar para a realidade, a História.
    Se ainda houver razão para estar acordado.

  3. Da mesma forma, o boçal no exercício de cargo indevido vazou “inside information” de aumento de preço de combustíveis. E o mini ministro da economia, vulgo Beato Salu, comemorou a valorização das ações da Petrobrás, que claramente resultaram do vazamento “jeguial”, mas atribuindo a outro vazamento. O da privatização.
    Quem sabe fosse melhor esvaziar as cadeias e abrigar apenas os honestos. Ao menos estaríamos melhor acompanhados.

  4. Eu não entendi a crítica a imprensa alternativa. Quem vazou a gravação foi o 247 e todos blogues alternativos repercutiram.
    A grande imprensa repercutiu de forma acrítica, sem dar crédito e procurando normalizar o assunto.
    Seja crítico, mas também justo. A mídia “alternativa” já apanha o suficiente do governo e da “grande mídia”, que a silencia e ignora. Não precisa de tanta chinelada injustas da nossa parte.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome