Bolsonaro diz que governo não vai pagar pela Coronavac: “Procura outro”

"Ninguém vai tomar tua vacina na marra, não, tá ok? Procura outra. E eu, que sou governo, não vai comprar sua vacina também, não", disse Bolsonaro a João Doria

Jornal GGN – Jair Bolsonaro usou sua live no Facebook na quinta (29) para, mais uma vez, provocar o governador de São Paulo, João Doria, usando a vacina contra o novo coronavírus como mote. Bolsonaro disse que ninguém será obrigado a tomar o imunizante e que o governo federal não vai comprar a vacina produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Na mensagem, Bolsonaro fez questão de destacar que tem rivalidade pessoal com o governador. “Então, querido governador de São Paulo, você sabe que sou apaixonado por você, sabe disso. Poxa, fica difícil, né? E outra coisa: ninguém vai tomar tua vacina na marra, não, tá ok? Procura outra. E eu, que sou governo, não vai comprar sua vacina também não. Procura outro pra pagar sua vacina”, disse Bolsonaro.

Na mesma transmissão, Bolsonaro afirmou que deve reeditar, na próxima semana, o decreto que insere as Unidades Básicas de Saúde no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). A medida foi recebido como uma tentativa de privatizar o SUS.

“Revoguei o decreto, fiz uma nota explicando o que era esse decreto, dizendo que nos próximos dias poderia reeditar o decreto, o que deve acontecer na semana que vem”, afirmou.

Bolsonaro ainda citou reportagem de 2010, de quando Dilma Rousseff era candidata à Presidência e defendeu parcerias público-privadas para melhorar o “atendimento especializado” em saúde.

“Então, senhora Dilma Rousseff, até estou dando muito cartaz para ela, vamos reapresentar o decreto nos próximos dias. O que a senhora não conseguiu fazer lá atrás, vamos conseguir fazer agora”, disse.

3 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome