Ciro interrompeu Duvivier 74 vezes e atacou Lula em outras 67 durante debate

"Deixa eu falar, pelo amor de Deus", implorava o comediante; confira alguns dos tweets que mais bombaram sobre o encontro

Greg e Ciro no programa. Foto: reprodução youtube

da Revista Fórum

Ciro interrompeu Duvivier 74 vezes durante o “debate” (e atacou Lula em outras 67)

por Socialista Morena

Inconformado por ter sido zoado no programa Greg News, o candidato do PDT à presidência Ciro Gomes desafiou Gregório Duvivier a um debate, e se deu mal. Em 1 hora e 35 minutos de conversa, Ciro interrompeu Duvivier nada menos que 74 vezes –e atacou Lula, seu esporte favorito, em outras 67 vezes, obrigando o comediante a dizer que não tinha “procuração” para falar em nome do petista.

“Você está querendo debater com o Lula por procuração, e eu não tenho procuração do Lula”, queixou-se Gregório. O humorista apontou diversas vezes durante o “debate” que Ciro tem uma “obsessão” pelo ex-presidente, e o pedetista nada fez senão confirmar isso. Aliás, a primeira menção de Ciro ao PT acontece antes mesmo de Duvivier entrar na live, quando o candidato critica a “burocracia” petista.

A primeira interrupção de Ciro a Gregório ocorre 8 minutos após o “debate” ter começado. Cinco minutos depois, o comediante se queixa pela primeira vez que o candidato não o deixa falar. Aos 19 minutos do início do papo (33 minutos na tela, porque o programa tem uma espera de 15 minutos), Duvivier diz: “Eu posso falar, brother? Você convida a pessoa para um debate e não deixa o outro falar”.

“É chato para caramba chamar uma pessoa no seu canal e não deixar a pessoa falar”; “Você me chamou para eu falar e está falando sem parar. Sabe quem vai vir debater aqui depois dessa? Ninguém”; “Você não está deixando eu falar, bicho”, reclamou Gregório

A partir daí, as queixas do humorista são uma constante até o final. Ciro não o deixa terminar uma só frase sem interrompê-lo. “É chato para caramba chamar uma pessoa no seu canal e não deixar a pessoa falar”; “Você me chamou para eu falar e está falando sem parar. Sabe quem vai vir debater aqui com você depois dessa? Ninguém”; “Deixa eu falar, pelo amor de Deus”; “Você não está deixando eu falar, bicho”; “Você não me deixa terminar uma frase, que coisa desagradável, que pessoa desagradável”; “Você me pediu uma hipótese e não deixa eu terminar a frase” –foram algumas das reclamações de Gregório durante o “debate”.

Em todo o programa, Ciro Gomes tratou Gregório Duvivier como se fosse candidato e não comediante, talvez até para não admitir que era um debate inédito entre um humorista e a piada. O pior momento foi quando ele afirmou, julgando por si mesmo, que Gregório estava cercado de “assessores” e que estava com a mesa cheia de anotações que guiavam seu comportamento no programa. Duvivier moveu a câmera e mostrou a mesa e o quarto vazios.

De forma arrogante e com ar professoral, Ciro agia como se o comediante fosse um jovem bobo que não leu nada (“Leia Jessé!”) e que nada entende do momento político, em vez de aceitar que Duvivier, seu eleitor no primeiro turno de 2018, simplesmente tem uma visão da sua em 2022. No fim das contas, chamou um debate porque não gostou de ser zoado e acabou ainda mais zoado nas redes sociais. Uma sessão de vergonha alheia para um candidato que se gaba de ser o mais preparado e o mais capaz de derrotar Bolsonaro na eleição.

Veja alguns dos tweets que mais bombaram durante o “debate” e tire suas próprias conclusões.

4 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Conselheiro

- 2022-05-22 13:46:31

Tudo ok para quem??? Ciro não seguiu o Salmos 1 que alerta "afasta-me da roda dos escarnecedores". Estamos em MAIO. A questão não é se ele ganhou ou perdeu, mas se Ciro aprende com os erros...

AMBAR

- 2022-05-21 15:06:18

Amei o cara que disse definiu o Ciro como Paciro Agreciro. Amei ainda mais a pessoa que colocou o Ciro como adversário político do PANDEMITO. Graande sacada! O que parece claro, embora a maioria não tenha percebido, é que entre o Ciro e o Bozo pode ter havido um acordo político à portas fechadas para minar a candidatura do Lula. O Ciro não ataca ou fala do bozo com virulência convicta, tampouco promove o seu "programa de governo" solitário. Seu objetivo precípuo é enxovalhar o Lula, trazer ódio e maledicência, reafirmar as calúnias e falácias de que o Lula sempre foi vítima. É lamentável o estrago que a inveja e o inconformismo podem fazer com uma pessoa. O Ciro num dos momentos do debate se jactancia de ser mais "preparado", experiente e sábio para governar que o Lula pelo simples fato de já ter sido prefeito, governador e ministro há 30 anos atrás. Ele não parece ter a noção da grandeza do cargo que o Lula já ocupou por duas vezes, de tal sorte que, na cabeça dele, Lula é tão pequeno que a presidência foi desmerecida somente pelo fato de Lula te-la ocupado. Só quando ele, Ciro for presidente o Brasil e a presidência será um cargo importante. Ora Ciro, vá se catar!

Paulo Dantas

- 2022-05-21 14:46:59

Tenho pena dos correspondes estrangeiros , o editor deles : "Bill , o candidato debateu com um humorista !?" "Você está é tomando muita caipirinha" "you are fired !!!!"

Airton Paschoa

- 2022-05-21 14:26:02

e o guru do ciro, o jessé, vota no lula

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador