Lula é o preferido em São Paulo, o maior colégio eleitoral do Brasil

Datafolha mostra uma virada de Lula sobre Bolsonaro em São Paulo. Outras pesquisas davam vitória a Bolsonaro

Lula e Fernando Haddad, pré-candidato do PT ao governo de São Paulo. Pesquisa Genial/Quaest de maio de 2022 mostra que ambos são favoritos em São Paulo. Foto: Ricardo Stuckert
Lula e Fernando Haddad, pré-candidato do PT ao governo de São Paulo – Foto: Ricardo Stuckert

Jair Bolsonaro conquistava a maioria dos votos do maior colégio eleitoral do Brasil, São Paulo, nas pesquisas dos últimos meses. Até agora. O Datafolha divulgou uma ampla vantagem de Lula, com 43% dos eleitores paulistas, contra Bolsonaro, com 30%.

Os números não podem ser comparados às pesquisas anteriores do mesmo instituto, porque é a primeira vez que o Datafolha faz a pergunta direcionada aos eleitores de São Paulo, juntamente com a pesquisa para governador.

O GGN mostrou que Fernando Haddad, o candidato do PT, ex-prefeito da capital e apadrinhado de Lula, está na frente para o Palácio dos Bandeirantes, com 34% das intenções, contra Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Rodrigo Garcia (PSDB), que ambos registram 13%.

Apadrinhados de Lula e Bolsonaro

O instituto também revelou o impacto do apoio dos presidenciáveis aos candidatos ao governo de São Paulo: 64% afirmam não votar, de forma alguma, no escolhido de Bolsonaro, e somente 17%, sim.

A rejeição ao apadrinhado de Lula também é grande: 51% não votariam no apoiado, mas 24% sim e 23% talvez sim.

Vitória de Lula em São Paulo

Mas a novidade da pesquisa divulgada hoje pelo Datafolha está no fato de Lula vencer no estado as eleições presidenciais com 43% das preferências dos paulistas, uma vantagem 13 pontos acima de Bolsonaro, que marca 30%.

Mesmo os números não distoando muito dos resultados a nível nacional – no país, o Datafolha registrou que Lula obteve 47% das intenções de voto e Bolsonaro 28% -, o principal colégio eleitoral do país antes tinha a maioria das preferências no atual presidente.

Virada

É o que mostram as pesquisas do Instituto Paraná, nos meses de abril e maio. No final de março, Lula registrava uma pequena diferença acima de Bolsonaro (34,1% contra 31%). Em abril, Bolsonaro obtinha a maioria de 35,8% dos paulistas contra 34,9% de Lula. Em maio, Bolsonaro disparou com 39,1% contra 35% de Lula.

O estado detém mais de 20% do eleitorado de todo o país. Assim, a vitória do presidenciável em São Paulo é capaz de modificar os resultados nacionais.

E o Datafolha desta semana registra a liderança de Lula por 13 pontos percentuais acima de Bolsonaro.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leonardo Marques Francisco

- 2022-07-01 19:17:25

O Paraná Pesquisa está fazendo pesquisa encomendada e financiada pela direita. Óbvio ululante. E um sem credibilidade!

Arquimedes

- 2022-07-01 16:46:36

Excelente

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador