Fogo no Pantanal teria começado em 4 fazendas para abrir área de pastagem

Investigação da Polícia Federal mostrou que os incêndios no Pantanal começaram em quatro fazendas de grande porte em Corumbá, no Mato Grosso do Sul

Centenas de animais foram mortos pelos incêndios no centro-oeste do Brasil. Fotografia: Carlos Ezequiel Vannoni / EPA

Jornal GGN – Investigação da Polícia Federal mostrou que os incêndios no Pantanal começaram em quatro fazendas de grande porte em Corumbá, no Mato Grosso do Sul. De acordo com o G1, os fazendeiros teriam tocado fogo na mata para abrir área de pastagem.

Até agora, o Pantanal já perdeu 25 mil hectares por causa dos incêndios. Em discurso na Assembleia Geral da ONU, nesta semana, Bolsonaro disse que o desmatamento na Amazônia é culpa de povos originários e que o Pantanal é feito de floresta úmida que não pega fogo em seu interior.

O presidente também afirmou ser alvo de uma “brutal” campanha de desinformação em nível internacional, orquestrada por ONGs associadas a opositores de seu governo, todos interessados nas riquezas produzidas na Amazônia.

Leia mais:

Na ONU, Bolsonaro mente sobre destruição ambiental e pandemia

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Manchetes dos jornais dos EUA

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome