Imitação de Bolsonaro sobre golpe do Capitólio parece inevitável, diz HuffPost

"O presidente de extrema direita do Brasil está seguindo o manual de Trump para minar as eleições de 2022. E ele está trabalhando duro para garantir o apoio militar que faltava a Trump."

Jornal GGN – O jornal norte-americano HuffPost comparou o 7 de Setembro no Brasil com o 6 de janeiro dos Estados Unidos, quando houve a tentativa de golpe endossada por Trump no Capitólio.

“A própria versão do Bolsonaro, de 6 de janeiro, agora parece inevitável no Brasil”, é o título do artigo, publicado hoje, que acrescenta: “O presidente de extrema direita do Brasil está seguindo o manual de Trump para minar as eleições de 2022. E ele está trabalhando duro para garantir o apoio militar que faltava a Trump.”

“O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, passou meses imitando cuidadosamente as tentativas do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de impedir o suposto ‘roubo’ da eleição que ele perdeu em novembro passado. O líder brasileiro de extrema direita alimentou conspirações infundadas semelhantes sobre fraude eleitoral generalizada, gerando temores de que ele estivesse preparando as bases para sua própria versão da insurreição de 6 de janeiro no Capitólio dos Estados Unidos em Washington”, continua, acrescentando:

“Os tanques desfilando por Brasília, a capital do país, aumentaram as preocupações de que Bolsonaro e seus aliados – incluindo seu filho Eduardo, um deputado e aliado do confidente de direita superior de Trump, Steve Bannon – também estivessem dando os primeiros passos para evitar uma das principais falhas que impediram que o projeto autoritário de Trump não desse certo: sua incapacidade de convencer os líderes das Forças Armadas a se juntar a ele.”

E conclui:

“Em um país onde as Forças militares e de Segurança Pública se retiraram dos assuntos políticos internos três décadas atrás, a conversa de intervenção fez uma erupção no estilo de 6 de janeiro parecer menos uma possibilidade do que uma inevitabilidade, caso o Bolsonaro perca as eleições no próximo ano, como quase todas as pesquisas sugerem que ocorrerá.”

Leia o artigo do HuffPost

.

0 Comentário

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador