Macron prepara visita de Estado no início do governo Lula

Tatiane Correia
Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.
[email protected]

Presidente francês será um dos primeiros a visitar novo presidente; viagem deve ocorrer no primeiro semestre do próximo ano

Ricardo Stuckert

O presidente da França, Emmanuel Macron, será um dos primeiros líderes mundiais a ser recebido pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva para negociações bilaterais.

Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, Macron deve chegar ao país ainda no primeiro semestre, embora a agenda da data ainda não tenham sido fechadas.

Em um primeiro momento, a visita do presidente francês seria em março, logo após o Carnaval, mas a visita foi postergada.

A ministra dos Negócios Estrangeiros da França, Catherine Colonna, deve vir ao país para cumprir agenda em fevereiro, além de preparar a viagem do presidente francês.

O representante de Emmanuel Macron na posse de Lula será um auxiliar direto da chanceler francesa, o ministro-delegado Oliver Becht, responsável pelo Comércio Exterior, Atratividade e Franceses no Exterior.

Embora a França seja um dos principais parceiros do Brasil na Europa, as relações andaram abaladas durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), que proferiu opiniões ofensivas sobre a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, enquanto o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que iria “ligar o foda-se” se não fosse bem tratado.

Com informações de O Estado de S.Paulo

Saiba Mais

Tatiane Correia

Repórter do GGN desde 2019. Graduada em Comunicação Social - Habilitação em Jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS), MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Com passagens pela revista Executivos Financeiros e Agência Dinheiro Vivo.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador