Tribunal Penal Internacional arquiva acusações contra Bolsonaro

"As informações serão mantidas em nossos arquivos, e a decisão de não proceder (as investigações) pode ser reconsiderada caso (haja) novos fatos", diz a Corte

Do Conjur

Tribunal Penal Internacional suspende investigação contra Bolsonaro

Em despacho enviado a entidades brasileiras que denunciaram o presidente Jair Bolsonaro ao Tribunal Penal Internacional, o chefe do Departamento de Informações e Evidências, Mark P. Dillon, afirmou que as investigações contra o mandatário brasileiro foram arquivadas.

“As informações enviadas serão mantidas em nossos arquivos, e a decisão de não proceder (as investigações) pode ser reconsiderada caso novos fatos ou evidências providenciem uma base razoável (de evidências) para acreditar que um crime sob a jurisdição da Corte foi cometido”, afirma no documento.

Uma das denúncias contra Bolsonaro foi ajuizada pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). Na peça, o partido lista uma série de episódios em que Bolsonaro ignorou recomendações da Organização Mundial de Saúde e do próprio Ministério da Saúde. Estão listados vários episódios de comparecimento a manifestações e declarações contra o isolamento social — entre elas a que o presidente chama a Covid-19 de “gripezinha”.

Além do PDT, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), a Comissão Arns e o Coletivo de Advocacia em Direitos Humanos (CADHu), por incitação a genocídio indígena; a entidade internacional Uni Global Union e sindicatos de profissionais da saúde também apresentaram denúncias.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Trump tenta conter perda de eleitorado no interior dos EUA

4 comentários

  1. Enquanto Trump continuar no poder os aliados dele (e vassalos como Bolsonaro) irão continuar sendo protegidos das consequências dos seus crimes.

    7
    1
  2. Esse tribunalzeco de araque merece a seguinte consideração: o pior cego é aquele que não quer ver. Não querem ver que temos uma justiça parcial (e por isso cheia de cafajestes ganhando muito para mentir muito) Não querem ver as perseguições políticas dessa injustiça maldita. Sabem que foi pedido que não interditassem Lula eleitoralmente e que, por isso, por terem-no interditado, o cafajeste maior não é penalizado pelos seus crimes que os cegos não querem ver. Fechem essa joça, ora bolas!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome